Jogador do Vale Real deu a volta por cima e pode voltar ao time principal - Crédito: Instagram/Reprodução

À volta por cima do atacante Pedro Lucas, do Vale Real, foi destaque no site da Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Com o título “Após ano complicado, Pedro Lucas vê redenção em título com Aspirantes”, destaca que o atacante colorado foi o autor do único gol na final do Brasileiro de Aspirantes, ontem, domingo, contra o Grêmio, em Caxias do Sul. A reportagem lembra os momentos ruins que o jogador passou ao fazer a sua transição para o time profissional.

Foi mesmo a redenção do jogador do Vale do Caí. Com melhor campanha e tendo o mando de campo na partida de volta das finais, o Grêmio estava melhor em campo. Mas quem marcou foi o colorado. Nos acréscimos do primeiro tempo, aos 50 minutos, Pedro Lucas aproveitou uma cobrança de falta na área e se livrou da marcação para cabecear forte para as redes. Foi o gol do bicampeonato do Inter, já que no jogo de ida houve empate em 0 a 0.

Após a conquista do título, Pedro Lucas comemorou e desabafou
– Crédito: Thais Magalhães/CBF

Após o término da partida, Pedro Lucas lembrou as dificuldades enfrentadas e desabafou. “Passa um filme quando acaba. Tudo que aconteceu comigo, tem um gostinho especial, em todos os aspectos. Eu vinha de um momento complicado, sendo muito criticado pela nossa própria torcida. É chato, mas é uma coisa que me marcou muito. Sou colorado desde pequeno, senti muito isso. Foi meu primeiro ano de profissional. Agora descer aqui e fazer o gol da final… Tem que valorizar cada um desse time, tem vários jogadores que mereciam estar lá. O grupo está de parabéns”, declarou, agradecendo o apoio da família, dos colegas e da comissão técnica. “É bem difícil tu se agarrar em alguma coisa quando a confiança está baixa e as coisas não dão certo. Todo atacante vive de gol, é natural. Mas a minha família, alguns jogadores do profissional também me ajudaram muito, entre eles o Sóbis. Meus amigos aqui, que estão conosco todo dia. Eu sempre confiei no meu trabalho. Óbvio que essa confiança fica mais baixa, mas eu trabalhei muito para chegar ao profissional. Realizei coisas incríveis esse ano. Acho que foi principalmente minha família, que acaba sentindo as críticas comigo, também espirra neles. Fico feliz de ter conseguido fazer o gol”, completou.

O time colorado foi comandado por Manu Corrêa, já que Ricardo Colbachini, que dirigiu o time de aspirantes ao longo do campeonato, está de técnico interino da equipe principal após a demissão de Odair Hellmann. Mas a mudança no comando técnico não abateu o colorado, que já tinha sido campeão de aspirantes em 2017 e no ano passado foi vice. O gol de Pedro Lucas garantiu o bicampeonato.

Do Vale Real

Natural do Vale Real, Pedro Lucas Schwaizer, de 21 anos, foi promovido ao grupo profissional do Inter neste ano. Mesmo tendo uma concorrência de peso no ataque, recebeu algumas oportunidades do então técnico Odair Hellman, atuando em partidas dos campeonatos Gaúcho, Brasileiro e até na Libertadores. Mas não conseguiu se firmar no time principal. Agora como destaque no Brasileiro de Aspirantes e com uma nova comissão técnica, a expectativa é de voltar a brilhar, quem sabe com oportunidades ainda neste ano e principalmente em 2020.

Pedro Lucas vem se destacando desde as categorias de base, no Inter e na Seleção Brasileira, como capitão e goleador. O tio, Edson Kaspary, o Tida, prefeito de Vale Real, que foi campeão da Copa do Brasil pelo Juventude em 1999, foi treinador de Pedro Lucas na escolinha. Já o pai, André, atuou nas categorias de base do Grêmio. E a irmã, Maria Luisa, a Malu, é camisa dez da seleção brasileira sub 20, onde foi campeã sulamericana, e depois do Santos de São Paulo veio jogar no Internacional. Portanto, o DNA está no sangue da família de craques do Vale Real.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here