Duda Gehlen estava disputando o Gauchão pelo São Luiz de Ijuí e agora retornou para a Finlândia - Reprodução/FN

O lateral-direito montenegrino Eduardo Gehlen, o “Duda”, de 26 anos, voltou a jogar recentemente na Finlândia. Considerado um dos países do mundo mais bem preparados no combate ao coronavírus, a Finlândia já superou a pandemia e retornaram os jogos de futebol. E Duda, que está inscrito no Campeonato Gaúcho pelo São Luiz de Ijuí, aproveitou a parada no Rio Grande do Sul em função do coronavírus para voltar a jogar no país do norte da Europa, onde agora inicia o verão.

Duda estava disputando o Gauchão pelo São Luiz de Ijuí
– Crédito: NoroESTE online.com

Além do início de carreira em Montenegro, Duda passou por categorias de base de Grêmio, Vasco e Coritiba, além de jogar profissionalmente pelo Juventude e Maringá (Paraná). Já esteve na Europa atuando pelo Dunav, da Bulgária, além de na própria Finlândia quando jogou pelo Kajaani. Agora Duda estreou no OTP United. E logo na estreia a equipe venceu por 2 a 0. “Me senti muito bem, já tinha feito alguns amistosos antes pelo clube, claro que tinha a situação de não jogar desde a parada no Gauchão, mas foi muito bom voltar a jogar. Acredito no projeto do clube e fico feliz de fazer parte disso. Estou numa cidade boa, a quinta maior da Finlândia, é um bom lugar para prosperar, falou Duda para o site Lance. Ele ressalta que o campeonato é mais curto, indo até setembro devido ao coronavírus, e tanto o lado financeiro como a oportunidade de se manter na atividade pesaram na decisão de retornar para a Finlândia. Até a última semana o país tinha 7 mil casos confirmados de Covid-19 e apenas 326 mortes.

O pai, Vilmar Gehlen, lembra que Duda já tinha jogado a temporada passada na Finlândia. Como no inverno não ocorrem jogos devido à neve, o montenegrino retornou e estava atuando pelo São Luiz. “Queriam que voltasse e como no Brasil o futebol deu uma parada ele aproveitou que retornou na Finlândia. Foi convidado e não pensou duas vezes”, explica, citando que foi feito um acordo com o São Luiz para se desligar do clube enquanto o Gauchão está parado. O contrato na Finlândia vai até setembro, quando deve terminar o campeonato. “Estava treinando em casa. Agora está em atividade e na volta vai estar mais bem preparado para jogar”, completa, sobre a excelente oportunidade.

Isa Gehlen treinando

Isa Gehlen aguarda a volta dos jogos pelo Inter e pela Seleção Brasileira
– Arquivo/FN

Irmã de Duda, a zagueira montenegrina Isadora Haas Gehlen, a Isa, de 19 anos, segue no Internacional e na Seleção Brasileira. Segundo Vilmar, ela treina em casa, com personal e academia, além de live de treinamentos com o Inter. “Tem todo um suporte da Seleção Brasileira e do Inter”, afirma o pai. Estava disputando o Sul-Americano Sub 20 pela Seleção Brasileira, mas a competição foi interrompida devido à pandemia. “Está treinando forte e está bem fisicamente”, completa Vilmar.

Isa foi campeã sul-americana e capitã da Seleção Brasileira no último Mundial Sub 17. No ano passado chegou a se transferir para o Sevilla, da Espanha. Depois retornou para o Inter e agora aguarda o retorno dos jogos para atuar pelo colorado e pela Seleção.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here