Clube do bairro Lajeadinho protesta contra decisão que o retirou da final dos aspirantes - Reprodução/FN  

A Associação Esportiva e Recreativa Altaneiro, do Lajeadinho, divulgou uma nota oficial em seu facebook, como forma de protesto após ficar de fora da final dos aspirantes. A direção do clube decidiu por não mais participar das competições esportivas municipais por tempo indeterminado, incluindo não só o futebol de campo, mas também o sete, futsal, bocha e outras modalidades. Sobre o futebol sete, a equipe Altaneiro/Delta passará a ser somente Delta e o campo não será cedido para as disputas. “Enquanto não houver uma melhora considerável na organização dos campeonatos e um significativo melhoramento nos quadros de arbitragem, entendemos ser o melhor a ser feito”, consta na nota, sobre o afastamento dos certames. “Os fatos que aconteceram no último campeonato municipal de campo, principalmente depois da vitória dentro de campo na semifinal da categoria aspirantes, foram o limite. Nosso clube foi punido sem prova concreta alguma, por um erro que foi admitido não ter sido do nosso clube”, completa a postagem.

O presidente Geufer Rafael Hallmann alega que a denúncia era de que um jogador atuou após receber três cartões amarelos. Entretanto, garante que a organização do campeonato não passou a relação de atletas suspensos, como fazia anteriormente. Lembra que a primeiro comissão manteve o resultado, mas a segunda comissão reverteu. “Foi uma grande injustiça”, protesta.

O Altaneiro venceu o segundo jogo das semifinais por 4 a 0, mas o Navegantes Nova Geração entrou com denúncia alegando que teria um jogador em situação irregular. Após os dois julgamentos, o Nova Geração foi para a final, mas no último domingo acabou perdendo para o Conceição nos pênaltis, após empate em 1 a 1 no tempo normal.

De acordo com a nota do Altaneiro, o afastamento do clube mostra a indignação e visa trazer o debate para se buscar soluções. E a direção se coloca à disposição para contribuir com a melhoria do esporte no município.

Manifestação da Prefeitura

Sobre a manifestação do Altaneiro no Campeonato Municipal de Futebol de Campo de São Sebastião do Caí, a Prefeitura emitiu a seguinte posição:

“A equipe do Altaneiro foi denunciada após o jogo do dia 12 de janeiro de 2020, partida de volta das semifinais dos Aspirantes do Campeonato Municipal de Futebol de Campo. Ela foi enquadrada no artigo 11 do Código de Justiça Desportiva do Município por inscrever e utilizar atleta irregularmente na partida citada. Na análise da matéria, a primeira comissão deu ganho de causa ao Altaneiro e a equipe do Navegantes Nova Geração recorreu. Com isso, a segunda comissão reavaliou a denúncia e, após analisar todos os fatos e seguir todos os trâmites do regulamento, decidiu por rever a posição da primeira comissão. Sendo então revista a decisão e dado ganho de causa ao Navegantes Nova Geração, por entendimento que o primeiro julgamento deixou de fazer cumprir o regulamento da competição.

Para esclarecer o fato. No dia 8 de dezembro, antes do primeiro jogo da semifinal do Aspirantes, a equipe do Altaneiro, em seu campo, recebeu, assim como seu adversário, a relação de cartões de amarelos de sua equipe. Nessa relação constava que três de seus jogadores estavam com dois cartões amarelos cada. Dois desses atletas receberam o terceiro cartão no jogo em questão. Portanto, sabiam que não poderiam participar do próximo jogo. Um deles entrou em campo mesmo assim na rodada do dia 12 de janeiro de 2020 e inclusive levou o quarto cartão amarelo. Após esse jogo ocorreu a denúncia. Em nenhum momento, o clube procurou a organização da competição para questionar a relação de cartões de seus atletas, estando então ciente da situação de todos os seus atletas, inclusive os que estavam penalizados.”

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here