Mesmo com o grande impacto da pandemia neste ano também na economia, causando o fechamento de muitos postos de trabalho, o mês de novembro foi mais um de recuperação na região. Somando as vinte cidades integrantes da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (Amvarc), o saldo no penúltimo mês do ano, de empregos com carteira assinada, foi de 621. E somando os onze meses de 2020, o saldo do ano é de 1.615.

 

Maior cidade da região, Montenegro teve saldo de 241 em novembro e no ano de 314 positivo. Destaque também para Bom Princípio, com saldo de 94 no último mês e 377 no ano. Tupandi também tem um bom saldo no ano, de 308, mas em novembro foi de apenas 16. Já São Sebastião do Caí teve saldo positivo de 24 em novembro e 159 nos onze primeiros meses de 2019. O destaque negativo ficou para Maratá, que foi o único município com saldo negativo em novembro na região, em função do fechamento da fábrica de calçados da Kildare. Com isso Maratá perdeu 131 vagas só em novembro e tem saldo negativo de 156 no ano.

 

Os números foram divulgados nesta última semana pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), vinculado ao Ministério da Economia. E a boa notícia é que os índices apontam uma considerável recuperação de postos de trabalho perdido em decorrência dos meses mais críticos da pandemia do coronavírus, quando muitas atividades chegaram a ser interrompidas. O saldo é calculado pela diferença entre contratações e demissões, dos trabalhadores com carteira assinada.

 

O Rio Grande do Sul já recuperou 59,2% das vagas com carteira assinada perdidas desde o início da pandemia.Entre março e junho foram perdidos cerca de 136 mil empregos. Mas a partir de julho até novembro o saldo ficou positivo em 80 mil contratações. O comércio, que chegou a ter lojas e estabelecimentos fechados durante o ano, é o que mais tem contratado funcionários desde a metade do ano, seguido pela construção civil, indústria, serviços e agricultura. Apesar do momento difícil, com aumento no número de casos e internações por coronavírus, a expectativa é que a situação continue melhorando na economia em 2021, ainda mais com a chegada da vacina contra o Covid-19.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here