Agrosul exporta carne de frango para vários países /Reprodução/FN

No final do mês de junho, líderes da União Europeia e Mercosul firmaram um acordo comercial em Bruxelas que começou a ser negociado em 2000 e que representa o maior pacto comercial já firmado por ambas as partes, com a criação de um mercado de 780 milhões de consumidores.

O acordo entre Mercosul e União Europeia é comemorado como uma grande conquista pelos governos dos países de ambos os blocos, que enxergam no pacto a abertura de novas oportunidades comerciais.

Com este acordo, a UE elimina as tarifas de 92% das exportações do Mercosul. Em contrapartida, o Mercosul eliminará tarifas de 91% do que importa da UE. Além disso, o bloco europeu se compromete a eliminar as tarifas às importações mais rápido que o Mercosul. Assim, 76% das importações da UE provenientes do Mercosul terão suas tarifas eliminadas de maneira imediata. O resto acabará gradativamente em quatro, sete e dez anos.

A criação de uma zona de livre comércio englobando os países do mercado comum europeu e Mercosul, vai trazer grandes benefícios para as empresas brasileiras que exportam seus produtos para a Europa.

E esse é o caso das duas maiores empresas caienses: a Oderich e a Agrosul. Essas empresas são grandes exportadoras de produtos alimentícios.

Ambas destinam uma parte significativa da sua produção para a Europa e elas ficarão com vantagem na venda dos seus produtos se não houver mais a cobrança de taxas de importação.

A empresa Conservas Oderich é uma das maiores exportadoras do estado, e seus produtos são comercializados em países na África, Caribe, América do Sul, Oceania e Oriente Médio.

Na Europa, a empresa caiense já exporta para a Dinamarca, e agora com o novo acordo, ganha mais condições de competir nos demais países do continente.

A Oderich e a Agrosul são as maiores empregadoras do município, somando cerca de 2.500 funcionários. São, também, as maiores geradoras de retorno de imposto para a prefeitura.

Com a ampliação do mercado europeu, as duas empresas poderão ter crescimento significativo.

 

Agrosul
Conforme informações preliminares, a direção da empresa Agrosul já está encaminhando a contratação de um empréstimo de 25 milhões de reais para a ampliação da sua capacidade produtiva e diversificação de sua linha de produtos.

A empresa hoje emprega 1.500 funcionários e destina 40% da sua produção para o exterior.

 

Automação
Segundo Nestor Freiberger, diretor geral da Agrosul, o foco principal da empresa, agora, está na automação da produção.

Atualmente a maioria dos funcionários da empresa vem de outros municípios e a despesa com transporte desses funcionários tem um custo muito elevado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here