Vigilância apreendeu 50 Kg de carne imprópria para o consumo - Crédito: Vigilância Sanitária

Em forma de apoio técnico, a Vigilância Sanitária Municipal participou da operação da Polícia Civil realizada no último dia 16 de julho, terça-feira, em Montenegro. A ação teve com foco o comércio ilegal de armas de fogo e munição, crimes ambientais e furto e roubo de gado (abigeato) em propriedades rurais.

Vigilância Sanitária participou da operação com a Polícia Civil na última terça-feira
– Crédito: Vigilância Sanitária

Segundo a Chefe da Vigilância Sanitária, Silvana Schons, a equipe acompanhou a Polícia em três mandados: um mercado na cidade e dois no interior. O papel da Vigilância foi detectar a venda de carne fruto de abigeato. “Nos mandados que acompanhamos, não foi detectada a venda de carne clandestina, porém, autuamos dois dos locais por venda de carne sem o acondicionamento correto e sem a rastreabilidade correta”, diz Silvana.

Ao todo, foram inutilizados 50 kg de carne e derivados. Os comércios responderão em processo administrativo sanitário.

Na mesma operação, lamentavelmente, um policial civil acabou morrendo em tiroteio com um suspeito na localidade de Potreiro Grande, no interior de Montenegro. O suspeito de disparar contra os policiais também morreu. E outro policial baleado está internado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here