Martelo teria sido usado para quebrar o vidro no arrombamento do mercado no Pareci - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Graças ao sistema de videomonitoramento foram identificados o autor de um arrombamento e o taxista que o transportou num arrombamento em supermercado de Pareci Novo.

Autor do furto foi identificado através das câmeras e preso dias depois em outro arrombamento em Montenegro
– Reprodução/FN

O furto aconteceu no dia 3 de agosto, um sábado, na margem da RS 124. Na ocasião, por volta de 4h da madrugada, foi quebrado o vidro do estabelecimento comercial, com o uso de um martelo, e furtado um valor em dinheiro de cerca de 500 reais.

Através de câmeras de videomonitoramento, a Polícia Civil analisou imagens desde a saída de um táxi de Montenegro até a chegada no Pareci, onde o veículo ficou escondido, com o condutor no seu interior, nos fundos da igreja Matriz, enquanto o outro indivíduo praticou o furto. Conforme a Polícia, os dois envolvidos – ladrão de 25 anos, que já tinha antecedentes por furto, e o taxista de 66 anos, são de Montenegro e foram identificados graças às câmeras dos dois municípios e do estabelecimento comercial. Os seus nomes não foram divulgados.

Policial Mattos, delegado Marcelo e prefeito Oregino falaram sobre a importância do videomonitoramento
– Reprodução/FN

O mesmo acusado do furto foi preso quatro dias depois, na madrugada de 7 de agosto, após um arrombamento numa loja da bairro Timbaúva, em Montenegro, onde ele também quebrou o vidro do estabelecimento comercial

Videomonitoramento

O delegado regional Marcelo Farias Pereira, que responde pela Delegacia do Pareci, destacou a importância do videomonitoramento, não só para a investigação e para monitorar os principais pontos, mas também para inibir a vinda de criminosos de outras regiões. Ele elogiou a atuação do policial civil Mattos na investigação e elucidação do furto. E também a integração da Polícia Civil com Brigada Militar, Prefeitura e Guarda Municipal.

Videomonitoramento já reduziu o número de ocorrências no Pareci
– Crédito: Prefeitura

O prefeito de Pareci Novo, Oregino Francisco, que também é presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (AMVARC), destaca que graças as câmeras já reduziram as ocorrências no municípios, incluindo roubos, furtos, consumo de drogas e atos de vandalismo. De acordo com Oregino, o Pareci conta atualmente com doze câmeras em funcionamento e deverá chegar a 22 no videomonitoramento e cercamento eletrônico.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here