Vereador eleito Everton Kremer levou coronhada na cabeça e a mãe foi atingida com soco, mas ambos estão bem Reprodução/FN

O vereador eleito Everton Kremer, de 32 anos, e sua mãe, de 56 anos, foram vítimas de assalto e agressões na manhã do último domingo, dia 27. O roubo ocorreu na casa da família, no bairro Bela Vista, na Feliz.

Everton é filho do atual presidente da Câmara, Luiz Egon Kremer, o Brancão, que não se encontrava na residência no momento do assalto. Everton e a mãe estavam na cozinha da casa, por volta de 10h, quando foram surpreendidos pela chegada de três criminosos armados. Ao ajudar a mãe, que estava muito nervosa, ele foi agredido com uma coronhada na cabeça e socos. Já a mãe foi atingida com um soco, quebrando seus óculos.

Os criminosos fugiram numa caminhonete Chevrolet S10 da família e levando também alguns objetos das vítimas. A caminhonete foi abandonada a cerca de 400 metros do local do roubo. Os bandidos teriam fugido num outro veículo, de cor escura. A Brigada Militar fez buscas, mas os assaltantes não foram mais localizados. Os criminosos roubaram cerca de 400 reais, além de cartões bancários, documentos e três celulares.

As vítimas foram encaminhadas para a UPA de Bom Princípio. Everton levou quatro pontos e ficou com a cabeça enfaixada. Já sua mãe, além do óculos quebrado, teve um sangramento no nariz. Foi feito registro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro e a Polícia Civil da Feliz está investigando o assalto. Everton, que foi o terceiro vereador mais votado na Feliz e vai assumir na Câmara em 1º de janeiro, agradece a todos que tem se solidarizado com a família. E acredita que a Polícia chegará aos autores do crime. Qualquer informação, mesmo de maneira anônima, pode ser passada para a Polícia ou Brigada.

Everton postou uma foto em seu facebook e instagram enquanto estava na Delegacia. “Quero comunicar a todos que eu e a minha mãe Clarete Kremer estamos bem. Estamos sem contato telefônico, pois nossos celulares foram roubados. Agradecemos a Brigada Militar, que prontamente se deslocou para averiguar o ocorrido, e a Polícia Civil, que está investigando o caso, além da Upa pelo bom atendimento”, escreveu. A postagem recebeu centenas de acessos, comentários e compartilhamentos, já que a família é muito conhecida e estimada, principalmente pela ativa participação na comunidade. A irmã, Everlin, também fez uma postagem agradecendo a todos que se preocuparam com seus familiares. “O susto foi grande, mas o nosso Deus é mais poderoso”, postou.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here