Edevaldo Tonatto tinha 53 anos e morava em Erechim - Reprodução/FN

Foi identificado como Edevaldo Tomatto o representante comercial que morreu após ser baleado durante tentativa de assalto numa ótica da Feliz hoje pela manhã, quinta-feira. Ele foi encaminhado ao Hospital Schlatter, após atendimento do Samu, Bombeiros Voluntários e Secretaria municipal de saúde. Mas não resistiu e veio a falecer no final da manhã. A vítima tinha 53 anos, era natural de Barão do Cotegipe, mas seria morador de Erechim. Ele deixa quatro filhos.

A tentativa de assalto ocorreu na ótica no centro da Feliz na manhã desta quinta-feira, dia 3. Na ação os bandidos acabaram baleando o vendedor de jóias que estaria no estabelecimento como representante comercial. Mesmo desarmado, ele teria reagido, entrando em luta com os dois assaltantes. Mas foi baleado na altura do tórax e pescoço. A suspeita é de que um criminoso também tenha ficado ferido, provavelmente pelo próprio comparsa ao atirar, por estilhaços ou na queda. Na ótica ainda estavam mais gerente e duas funcionárias, mas elas não ficaram feridas.

A tentativa de roubo teria ocorrido por volta de 9h25 na Ótica Pérola, situada na Rua Pinheiro Machado, junto esquina com a Rua Maurício Cardoso. Segundo informações, os bandidos, que efetuaram os tiros, teriam fugido em um veículo Duster em direção a Linha Nova e depois na localidade de São Roque trocaram por um automóvel Ônix. A princípio seriam três assaltantes. As buscas continuam, com cerco pela região, principalmente entre Linha Nova, Presidente Lucena e Ivoti. Qualquer informação sobre os criminosos deve ser passada para o telefone 190.

A Renault Duster abandonada estava em situação de furto em Novo Hamburgo. Como tinha manchas de sangue no veículo, provavelmente um dos criminosos esteja mesmo ferido. A ótica e o local onde foi encontrado foram isolados para a realização de perícia e levantamento da Polícia. Imagens de câmeras também devem ser analisadas.

Segundo a Brigada Militar, um Ônix prata, que teria resgatado os criminosos no São Roque, foi abordado em Presidente Lucena, na divisa com Ivoti. O motorista, de 26 anos alegou que trabalha para aplicativo, mas o veículo, que é locado, foi apreendido e conduzido para a Feliz. A suspeita é de que teria transportado os criminosos e depois os deixou em outro local.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here