Edevaldo Tonatto, de 53 anos, foi baleado na sexta-feira em assalto em ótica - Reprodução/FN

O representante comercial Edevaldo Tonatto, de 53 anos, que morreu após ser baleado num assalto numa ótica do centro de Feliz, foi sepultado ontem, sexta-feira, dia 4, em Barão do Cotegipe, sua terra natal. A despedida teve velório e missa na Igreja Matriz Nossa Senhora do Rosário, seguida de sepultamento com a participação de familiares e amigos, num clima de grande comoção. Edevaldo deixa quatro filhos, demais parentes e muitos amigos.

Seis envolvidos no crime foram presos pela Brigada Militar
– Crédito: BM

A Brigada Militar prendeu seis acusados de envolvimento no crime. A tentativa de assalto, na ótica Pérola, ocorreu em torno de 9h25 da manhã de quinta-feira. Edevaldo foi atingido por dois tiros, na altura do pescoço e tórax. Ele não resistiu e faleceu no Hospital Schlatter. Os dois acusados de latrocínio (matar para roubar) fugiram num veículo Renault Duster que os aguardava com um terceiro criminoso na frente da ótica. A Duster foi abandonada na localidade de São Roque, também na Feliz. Eles teriam passado para um automóvel Ônix, que foi abordado na divisa de Presidente Lucena com Ivoti, mas só estava mais o motorista de aplicativo, de 26 anos, que foi preso. Os outros três teriam fugido para um mato, onde foram presos na madrugada de ontem, no interior de São José do Hortêncio, após quinze horas de buscas pela Brigada Militar. Um dos envolvidos, de 21 anos, levou um tiro no braço, que teria sido disparado pelo próprio comparsa na direção do vendedor de jóias. Os outros presos tem 20, 19, 30 e 31 anos, entre eles também os contratados para o resgate. Todos seriam do Vale do Sinos. A Polícia Civil lavrou os flagrantes na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro, sendo posteriormente recolhidos para a Penitenciária. Apenas o baleado ficou hospitalizado, sob custódia da Polícia.

Os objetos roubados na ótica, como relógios e jóias, foram recuperados pela Brigada, assim como a apreensão de armas, celulares, munição, coletes balísticos, entre outros objetos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here