O velório de João Batista Giuriatti da Silva, o “JB Gralha”, de 57 anos, deve iniciar na tarde de hoje, quinta-feira, dia 20. O horário exato depende da liberação do Instituto Médico Legal (IML), em Porto Alegre, para retornar a São Sebastião do Caí. Conforme a Funerária São Sebastião, a previsão é de que o velório inicie por volta de 16h ou 17h. Já o sepultamento vai ocorrer no cemitério católico do bairro Conceição. Será celebrada missa de corpo presente às 10h da manhã, amanhã, sexta-feira, na igreja da Conceição, e depois acontecerá o enterro.

Muitas têm sido as homenagens a Gralha, que foi uma das grandes personalidades do Caí e da região. O falecimento foi confirmado no início da tarde de ontem, quinta-feira, no Hospital Montenegro, onde estava internado desde domingo quando sofreu em casa um acidente vascular cerebral (AVC) hemorrágico. Mesmo num momento de intensa dor, a família autorizou a doação de órgãos, para que outras pessoas possam ser salvas. Foi um gesto de solidariedade da família e do próprio Gralha, que sempre foi muito estimado e atencioso com todos.

Homenagem da filha

O velório será no Country Tenis Clube, situado na Rua Primeiro de Maio, 161. Ele foi presidente do Country por quatro gestões. Em postagem no facebook, a filha Mariana Hillebrand da Silva fez uma homenagem ao pai. “Meu pai, meu amigão, que sabia como eu estava só pela minha voz. Me ensinou tudo sobre amizade, humildade, respeito e AMOR. Pai, tu fez tanta gente feliz, tanta gente te ama. Só lembranças boas. Ninguém fez o que tu fez. Corrida Maluka, Caça ao tesouro, Uma Noite no Velho Oeste, torneios de taco, as aberturas das escolhas da Rainha da Festa da Bergamota, coisa mais lida o Papai Noel descendo de trenó no meio do Ginásio do Parque com os doendes saindo dos sacos, fez chover lá dentro do ginásio para regar as bergamoteiras que se iluminavam…. tua voz, tua alegria e tua presença vão ficar para sempre!
Agora chegou a hora do merecido descanso pai. Eu tenho certeza que tu está num lugar bem lindo e cheio de amor e luz, como tu merece! Te amo, tu vai viver pra sempre no meu coração! Fica em paz”.

O grande festeiro

Gralha organizou os maiores e melhores eventos do Caí e da região. E teve um grande envolvimento com a comunidade. O blog Histórias do Vale do Caí, do jornalista Renato Klein, diretor e editor do Fato Novo, conta um pouco a história deste que pode ser considerado o “maior festeiro da região”.

Nascido no Caí no dia 19 de novembro de 1961, Gralha é filho de José Soares da Silva, o Zé Taioba. Seu pai era policial e sua mãe morava em Canela, onde Zé trabalhou um certo período. Sobrinho de João Soares da Silva, o Pai João, que era dono de um escritório de despachante, aos 13 anos, foi trabalhar com o tio. Como ele falava o tempo todo, deram-lhe o apelido de Gralha. Começou, então, a fazer coisas diferentes. A primeira que aprontou foi um jornalzinho impresso no mimeografo do escritório. Logo em seguida ele passou a organizar festas. Qualquer festa. Principalmente as de aniversário de amigos. Mas ele sempre colocava nas festas algo de diferente e criativo. Ganhou fama e as suas festas começaram a virar eventos destacados na cidade. Elas passaram a ser realizadas nos principais clubes da cidade na época, como Aliança e Country. Tornaram-se festas coletivas. Uma delas, comemorando o aniversário de oito aniversariantes, reuniu 450 pessoas no Country.

Formou-se, então, um grupo de amigos que o ajudavam a organizar os eventos. Com eles, Gralha realizou o seu primeiro grande evento, que foi a festa de escolha da Rainha das Piscinas, no Clube Rio da Mata. O cenário incluía um vulcão e uma cachoeira. Na época Gralha tinha 19 anos.

Depois disso ele e a sua equipe organizaram o Torneio de Taco e o concurso Garota Verão, no Ginásio A do Parque Centenário.

Veio, então, o primeiro super evento da equipe: a festa denominada Uma Noite no Velho Oeste, que teve várias realizações, no Clube Aliança e até no Ginásio de Esportes. Um grande cenário era montado para a festa e o evento começava com a encenação de uma cena de filme, com tiros, mortes e quedas espetaculares.

Mas foi em 1989, que Gralha e a sua equipe fizeram a sua maior realização. A Corrida Maluka. Uma gincana automobilística que impactou a cidade inteira. Um sucesso tão grande que a promoção teve 18 edições . Outro grande evento foi a Caça ao Tesouro, uma gincana que chegou a ter a participação de 330 ciclistas.

Com tanto sucesso, Gralha tornou-se uma figura destacada da cidade. Foi convocado para organizar os bailes de escolha da Rainha da Festa da Bergamota e eleito quatro vezes presidente do Country Tênis Clube. Em 1998 foi o presidente da Festa da Bergamota, quando o Parque Centenário do Caí recebeu o show do famoso cantor Fábio Júnior e outros artistas. Ainda participou da política, sendo candidato a vereador pelo PSB em 2012 e 2016.

O amigo Pedrinho Griebler, parceiro em vários eventos, lembra que Gralha continuava ativo nos eventos. Neste ano de 2018 realizou em abril a festa Corrida Maluka Remember, relembrando momentos, vídeos e fotos de um dos maiores eventos da região e do Estado. Também seguia trabalhando como vendedor na empresa Compumaq e envolvido com outras atividades.

Deixe seu comentário