- Imagem ilustrativa/internet

Voltou a acontecer furto de gado em Montenegro.

A Polícia Civil investiga o caso de abigeato ocorrido no último sábado, dia 4, numa fazenda da localidade de Pesqueiro, no interior do município. Conforme o delegado Marcos Eduardo Pepe, que estava de plantão na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), três terneiros foram abatidos no local. A fazenda, que fica na margem do rio Caí, já foi anteriormente alvo da ação de ladrões de gado. Não foram passadas mais informações para não prejudicar as investigações.

Após um trabalho forte da Polícia Civil e Brigada Militar tinham diminuído os casos de abigeato. Em julho do ano passado, durante uma operação de combate ao abigeato na localidade de Potreiro Grande, vizinha do Pesqueiro, um policial civil e também um suspeito morreram numa troca de tiros. Mas antes disso já vinham ocorrendo outras ações. O Pelotão Ambiental (Patram) também teve seu barco alvejado por tiros num confronto com acusados de abigeato que usavam o rio para transportar gado furtado. Patrulhas rurais do Brigada Militar, com apoio dos criadores de gado, que inclusive doaram equipamentos, como drone e binóculo noturno, intensificaram o policiamento. Já a Polícia Civil, junto com a Vigilância Sanitária, também realizou operações em estabelecimentos comerciais para verificar a origem e a qualidade da carne comercializada. Tudo isso fez reduzir os casos de abigeato, mas agora, infelizmente, os ladrões de gado voltaram a atacar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here