Marcelo da Rosa tinha 7 anos - Reprodução/FN

A tragédia ocorrida na noite de ontem, quarta-feira, dia 12, no bairro São Paulo, da Grande Timbaúva, em Montenegro, está causando grande comoção e repercussão. Pai e filho de 7 anos foram encontrados mortos no interior de uma residência da Rua do Ministério, próximo da Secretaria Municipal da Saúde (Assistência Social).

A principal suspeita da Polícia é de que o pai, Márcio David Souza Campos, de 38 anos, tenha matado o filho Marcelo David Rosa de Campos, de 7 anos, e depois cometido suicídio. “Provavelmente homicídio do filho de 8 anos seguido de suicídio por disparo de arma de fogo”, acredita o delegado André Roese, informando que a Polícia está investigando.

Os pais do menino tinham se separado recentemente e a guarda da criança era compartilhada, com ele morando com a mãe e passando alguns dias com o pai. Ontem, quarta-feira, quando estava com a mãe, ela estranhou a demora do filho em voltar para casa. Pediu para um parente ir até a casa e por volta de 21h30 foram encontrados os corpos, lado a lado, na cama, com marcas de tiros. A Brigada Militar isolou o local para a realização de perícia. Depois os corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) para necropsia.

Pelo que foi apurado, o pai teria atirado duas vezes contra o filho e depois retirou a própria vida. A suspeita é de que o homem não estaria aceitando o fim do relacionamento. A separação foi assinada em cartório na última sexta-feira. A mãe do menino está em estado de choque e foi encaminhada para atendimento no Hospital Unimed.

Nas redes sociais muitas são as homenagens ao menino e manifestações de apoio a mãe e demais familiares. Uma das publicações, com foto e homenagem ao menino, foi da F-10 Escolinha de Futebol, onde Marcelinho jogava:

“Que dor!

Perdemos nosso MARCELO para violência (Assassinado na casa do Pai)!
Pequeno e sorridente, com apenas sete anos de idade!
Nosso atleta, que estava sempre com sorriso no rosto e pronto para fazer uma arte!
Aquela criança que é realmente iluminada!
Chegava sempre alegre aos treinos, e vinha apresentando uma evolução incrível, como dói!

Só posso deixar aqui, nosso fraterno abraço para Super Mãe, que sempre fez de tudo por este anjo!”

1 COMENTÁRIO

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here