As duas famílias, que moravam na Vila Esperança, em Montenegro, perderam tudo - Guilherme Baptista/FN

Em cada uma das duas casas, geminadas, moravam cinco pessoas. Numa delas, mãe e quatro filhos, de 12, 10, 6 e 4 anos de idade. Na outra moradia, um casal e três filhos, de 12, 8 e 3 anos. Todos ficaram só com a roupa do corpo após o incêndio que aconteceu na noite de ontem, por volta de 21h30, nas duas residências situadas no final da Rua Caí, da Vila Esperança, no bairro Senai, em Montenegro. O mais importante é que ninguém ficou ferido, mas agora as duas famílias precisam de ajuda.

Causa do incêndio ainda é desconhecida
-Guilherme Baptista/FN

Ainda não se sabe a causa do incêndio, se foi acidental ou criminoso. Isso deve ser investigado pela Polícia. O certo é que as duas famílias agora enfrentam muitas dificuldades. “Só consegui salvar a geladeira e o fogão. Não tenho mais nada para meus filhos”, Lamenta Saionara Santos, ao lado das quatro crianças. “Conseguimos retirar o fogão, geladeira e microondas”, conta Ivan Airton Santos, da moradia ao lado, grudada, onde residia com a esposa e três filhos. Na manhã de hoje os moradores olhavam o que restou. Praticamente só cinza. Até mesmo as paredes de alvenaria, que ficaram de pé, estão comprometidas, pois racharam com a intensidade do fogo e provavelmente terão que ser demolidas.

Os bombeiros estiveram no local após virem de outro incêndio, em Triunfo. Eles conseguiram impedir que as chamas se propagassem para uma casa vizinha, que fica bem próxima. As duas famílias agora precisam de doações, que podem ser encaminhadas na Rua Gravataí, 51, ou através de contato pelo telefone 99954 4096, de Ivan. Podem ser doadas roupas, calçados, móveis e utensílios, além de materiais de construção para que possam reconstruir as casas. Servidores da Assistência Social e da Secretaria Municipal de Habitação, da Prefeitura, estarão fazendo levantamento do local hoje à tarde para ver como podem ajudar as duas famílias que ficaram desabrigadas. Por enquanto eles estão na casa de parentes e amigos.

Deixe seu comentário