O caiense Dinho é responsável por grande parte do plantel do Oriente Reprodução/FN

O trabalho que vem sendo realizado há anos pelo treinador Dinho está dando excelentes resultados. Atualmente sete jogadoras do seu clube, o Boleiras (campeão invicto no futsal caiense), estão participando do Campeonato Gaúcho de Futebol de Campo Feminino. Todas elas jogando pelo time do Oriente, de Canoas.

O campeonato está em andamento e, até agora, o time das caienses está indo muito bem: cinco vitórias e uma derrota.

O gauchão feminino é coordenado pela Federação Gaúcha de Futebol e tem a participação de dez clubes de diferentes regiões do estado.

A chave A conta com o Internacional, de Porto Alegre; o Yjuí, de Ijuí; o Brasil, de Farroupilha; o Palestra, de Carazinho e o Estrela, de Estrela.

A chave B é encabeçada pelo Grêmio, de Porto Alegre e conta, ainda com o Oriente, de Canoas, o Black Show, de Guaíba, o João Emiliano, de Candiota e o Rio Grande, de Rio Grande.

A competição será disputada em jogos de ida e volta.

Na primeira fase da competição classificam-se quatro equipes de cada chave, que passam a se enfrentar em dois jogos de mata-mata.

O Oriente está em primeiro lugar no campeonato, com quinze pontos, junto com o Grêmio, a única derrota do time foi justamente para o tricolor.

Na próxima quinta, feriado de 20 de setembro, as meninas do Oriente terão a chance de dar o troco no Grêmio. As duas equipes se enfrentam, no estádio dos Eucaliptos, em Canoas, às 10h e 30min com entrada franca.

Jogam pelo Oriente duas filhas do treinador Dinho: Índia e Tchu. Mais Danizinha, todas residentes no bairro caiense do Rio Branco. E mais Carol, do bairro Navegantes, Além de Katy, que é da Feliz; Ingrid, de Tupandi e Nicole, do Portão.

Deixe seu comentário