Risco de novos deslizamentos impede a liberação da rodovia - Crédito: Daer/Divulgação

A RS 122 continua bloqueada no trecho entre São Vendelino e Farroupilha. O Daer chegou a cogitar ontem da possibilidade de liberação do trânsito, mas o risco de novos deslizamentos fez com que a rodovia continuasse interditada.

O bloqueio já dura onze dias, já que a queda de barreira no quilômetro 43 ocorreu no último dia 4. A Outra rocha desabou na madrugada de ontem e só deve ser removida na segunda-feira. A rodovia é principal ligação do Vale do Caí e Região Metropolitana com a Serra. O desvio pode ocorrer pela RS 446 por Carlos Barbosa, Alto Feliz pela VRS 826 ou Vale Real e Vila Cristina pela BR 116.

A decisão de manter a estrada fechada para proteger a segurança dos motoristas é baseada em um laudo técnico apresentado por um grupo de profissionais ligados a autarquia, composto por engenheiros civis e geotécnicos e um geólogo. “É uma operação que exige muita cautela, porque estamos falando em vidas. E é nelas que precisamos pensar em primeiro lugar, apesar de considerarmos a importância da ERS-122 para a mobilidade rodoviária e economia regional”, destaca o diretor-geral do DAER, Sívori Sarti da Silva. De acordo com o dirigente, o Departamento está monitorando a situação do trecho e comprometido em liberar duas das três faixas, uma para subida e outra para descida, o mais rápido possível.  Uma das faixas de subida, a que está localizada próxima ao talude, deve permanecer bloqueada. “Estamos trabalhando diariamente, inclusive nos finais de semana, para resolver a situação. Porém, é preciso que a população compreenda que a nossa prioridade é a segurança”, reforça.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here