Alfredo Machado se manifestou através de vídeo em seu facebook pedindo respeito a sua família - Reprodução/FN

O prefeito de Capela de Santana, Alfredo Machado, foi proibido pela Justiça de se aproximar da filha Taís Machado.

Conforme decisão judicial, a medida protetiva vale por quatro meses e se for descumprida poderá decretada a prisão de Alfredo. O prefeito é acusado de praticar atos violentos contra a filha após a morte de sua mãe Márcia Regina em janeiro de 2017 para que ela deixe o imóvel onde reside. Ele inclusive é acusado de ter desrespeitado uma liminar e danificado a casa, além de ofender a filha.

Alfredo se manifestou sobre o caso através de um vídeo em sua página no facebook. Lamentou que vídeos envolvendo ele e sua filha estariam circulando nas redes sociais, o que considera uma situação familiar em que estariam tentando denegrir a sua imagem. Destacou que antes de ser prefeito é um ser humano e pai de família igual as demais pessoas que também já tiveram problemas familiares. “Minha filha sempre vai ser minha filha. Podemos ter momentos ruins, como estamos tendo, mas nada como o tempo para deixar as coisas no devido lugar”, declarou, pedindo respeito para a sua família. Lembrou que junto com a falecida esposa construiu uma casa que no futuro será de sua filha. Disse que não concorda com algumas situações envolvendo a casa, lembrando que não aceitou muito bem a separação da filha, já que tinha grande admiração pelo ex-genro. Mas citou que as coisas passam e o tempo cura as situações ruins. E protestou que adversários estariam utilizando o episódio para tentar tirar proveitos políticos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here