Sala das Margaridas, de acolhimento para mulheres vítimas de violência, foi inaugurada na DPPA - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Na última segunda-feira, dia14, a Polícia Civil inaugurou, em Montenegro, o Cartório Especializado na Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato, e a Sala das Margaridas de acolhimento às mulheres vítimas de violência doméstica. As novas atividades vão ser desempenhadas nas dependências da Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), na Timbaúva, e na 1ª Delegacia de Polícia localizada na Rua José Luis, do centro.

Cartório de Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato foi inaugurado na 1ª DP
– Crédito: Polícia Civil

O Cartório de Repressão aos Crimes Rurais e Abigeato visa a atender uma das principais demandas do setor produtivo gaúcho, os crimes rurais. O foco central é o abigeato – crime que envolve o furto de animais no campo, tanto gado bovino como equino. Também são investigados crimes de receptação e furto/roubo de maquinário agrícola.

A Sala das Margaridas faz parte de um projeto de acolhimento humanizado às mulheres em situação de violência, sendo possível o registro de ocorrência policial, depoimentos, solicitações de medidas protetivas de urgência e demais encaminhamentos previstos na Lei Maria da Penha.

O delegado André Roese, e equipe, responderá pelos crimes rurais e a delegada Cleusa Tânia Oliveira Spinato, pela Sala das Margaridas.

Após a cerimônia de Inauguração, foi realizada capacitação dos servidores plantonistas pela delegada Tatiana Bastos, Diretora da Divisão de Proteção e Atendimento à Mulher do Departamento Estadual de Proteção a Grupos Vulneráveis (Dipam/DPGV) e reunião de trabalho com a Chefe de Polícia.

Participaram da cerimônia de inauguração, a Chefe de Polícia do Estado, delegada Nadine Anflor; o secretário adjunto da Secretaria de Segurança Pública, Coronel Marcelo Gomes Frota; o diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), delegado Joerberth Pinto; o titular da 1ª Delegacia de Polícia Regional do Interior (1ªDPRI), delegado Marcelo Pereira; e o titular da Delegacia de Polícia de Montenegro, delegado André Roese, além do prefeito de Montenegro, Kadu Müller, do presidente da AMVARC e prefeito de Pareci Novo, Oregino Francisco, representantes do Judiciário, Ministério Público, Câmara de Vereadores e demais autoridades.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here