Mandados de busca foram cumpridos em seis cidades /Polícia Civil

Foi realizada na manhã desta terça-feira pela Polícia Civil gaúcha uma operação visando combater uma organização criminosa responsável por roubos a bancos, estabelecimentos comerciais e doleiros. Entre as seis cidades onde foram cumpridos mandados de busca está Capela de Santana, no Vale do Caí. Os policiais também estiveram em Gravataí, Cachoeirinha, Novo Hamburgo, São Leopoldo e Bagé. Os crimes foram praticados especialmente na região da fronteira sul do Estado.

A Operação Vespasiano e Jaguarão foi realizada pela 1ª Delegacia de Polícia de Repressão a Roubos (1ªDR), do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic), com a Delegacia Especializada em Furtos, Roubos, Entorpecentes e Capturas (Defrec) de Bagé. Ao todo, foram cumpridos 13 mandados de busca e apreensão e duas pessoas foram presas preventivamente.

Segundo o delegado João Paulo de Abreu, as cautelares cumpridas hoje estão relacionadas a três roubos contra instituições bancárias, estabelecimentos comerciais e doleiros. “O primeiro fato ocorreu em agosto de 2017, na cidade de Aceguá, no Uruguai. Na oportunidade, três doleiros foram roubados na fronteira com o Brasil. O segundo crime foi praticado em novembro do mesmo ano, quando cinco indivíduos arrombaram uma agência bancária no distrito da Colônia Nova, na cidade de Aceguá, onde foram levados dinheiro, uma arma de fogo e um cofre. Já em maio deste ano, em Vespasiano Corrêa, uma agência Bancária e uma casa lotérica foram roubadas, por cinco indivíduos utilizando armas longas”, explicou o delegado.

De acordo com o delegado Cristiano Ritta, as investigações estenderam-se por mais de um ano e foi possível perceber a vinculação da organização criminosa com outros fatos ocorridos no Estado, que ainda estão sob investigação. “Os presos possuem diversos antecedentes policiais pelos crimes de roubo majorado, associação criminosa, porte irregular de arma de fogo, tentativa de homicídio, entre outros”, salientou o delegado.

Deixe seu comentário