Patrulhas Maria da Penha visitam vítimas de violência e verificam o cumprimento de medidas protetivas - Crédito: BM

A Patrulha Maria da Penha, do 5º BPM de Montenegro, completou um ano de atuação no último dia 28 de agosto. Neste período um total de 137 mulheres vítimas de violência domésticas foram atendidas pela patrulha. Só nos oito primeiros oito meses deste ano foram feitas 388 visitas de acompanhamento das medidas protetivas de urgência, além de prisões de sete acusados de descumprimento de ordens judiciais de afastamento das vítimas. A Patrulha faz o acompanhamento atualmente de 129 vítimas, sendo 112 moradoras de Montenegro.

O trabalho integrado entre a Brigada Militar, Polícia Civil, Judiciário, Ministério Público, Conselho de Defesa da Mulher, Poder Público e demais entidades, formando uma rede de proteção, tem feito com que mais mulheres se encorajassem a denunciar as agressões e ameaças. A Brigada Militar, no último dia 10 de setembro, inclusive divulgou um vídeo comemorativo ao primeiro aniversário da Patrulha Maria da Penha do 5º BPM, com depoimentos e informações.

Você pode assistir ao vídeo clicando aqui.

A boa notícia é de que os casos de feminicídios estão diminuindo, mas diariamente ocorrem denúncias de agressão e ameaças contra mulheres registradas e acompanhadas pela Delegacia Especializada no Atendimento à Mulher (DEAM) que funciona junto a DPPA de Montenegro. Na última sexta-feira, por exemplo, a Brigada recebeu denúncia de que um indivíduo estava de posse de duas facas, ameaçando uma mulher e de colocar fogo na sua residência. A vítima informou que tinha sido agredida na noite anterior, tendo sofrido hematomas pelo corpo. Solicitou medida protetiva e o acusado foi conduzido para a Delegacia, sendo as duas facas apreendidas.

Denúncias podem ser encaminhadas para os telefones 190 (BM), 197 (Polícia), 3649 0000 (DPPA), 180 e 0800 644 5556 (Disque Denúncia e Disque Acolhimento), além do whatsAppp 98444.0606.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here