Videomonitoramento já reduziu o número de ocorrências no Pareci - Crédito: Prefeitura

O município de Pareci Novo sempre teve uma grande preocupação com a segurança. E não é de hoje. Foi o primeiro na região a instalar câmeras de videomonitoramento próximo ao ginásio de esportes, bancos, Brigada Militar e Polícia Civil.

Dez câmeras já estão funcionando e mais três devem ser instaladas
Crédito: Daniel Fuchs Klein/FN

O atual prefeito Oregino Francisco sempre defendeu o videomonitoramento regional. Agora como presidente da Associação dos Municípios do Vale do Rio Caí (AMVARC), Oregino tem feito do Pareci um exemplo nos investimentos em segurança. Atualmente o Pareci já conta com dez câmeras, interligadas por cabos de fibra ótica. Segundo Oregino, mais três filmadoras serão instaladas, totalizando treze no sistema monitorado numa parceria entre Prefeitura, Polícia Civil e Brigada Militar, incluindo o 5º BPM em Montenegro. “É o cercamento eletrônico mais completo do Rio Grande do Sul”, afirma Oregino, lembrando que são câmeras de moderna tecnologia, com sistema spped dome de alta definição de imagem. Possuem sistema de infravermelho para melhor monitoramento à noite, podendo ser integradas, através de um software, ao sistema de reconhecimento e identificação de placas. Alem disso, possuem análise inteligente de vídeo para identificação de objetos e pessoas.

Prefeitura, Brigada e Polícia Civil monitoram as câmeras
– Crédito: Prefeitura

As novas câmeras estão instaladas tanto na cidade como no interior. Pareci Novo também faz parte do Sistema de Segurança Integrada com os Municípios (SIM) – da Secretaria de Segurança Pública do Estado, que foi criado a partir da necessidade de unir esforços entre instituições federais, estaduais e municipais e a sociedade civil organizada para o enfrentamento da violência e da criminalidade no Rio Grande do Sul. A intenção é uma integração entre todos os municípios, com o cercamento eletrônico da região e do Estado.

Oregino garante que a ampliação do videomonitoramento já está dando resultado. “Zerou a criminalidade”, diz, informando que foram investidos cerca de R$ 150 mil em câmeras, fibra ótica, computadores, postes e outros materiais. O prefeito ressalta que nunca se investiu tanto em segurança, sendo prioridade para garantir a tranqüilidade da população. Ele próprio já foi vítima de assalto. Recorda ainda os esforços para repassar mais recursos para a Brigada e Polícia, além de mais policiamento, viaturas, armamento e equipamentos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here