Nestor Lermen, de 55 anos, conhecido como “Nene”, e o filho Vitor Lermen, de 17 anos, sofreram acidente de trabalho ontem na propriedade da família - Reprodução/FN

O velório de Paulo Nestor Lermen, 55 anos, e do filho Vitor Lermen, de 17 anos, está previsto para iniciar na tarde de hoje, sábado, dia 4, a partir das 15h, em frente à Igreja Matriz de Bom Princípio. Conforme a Funerária Hartmann, às 17h ocorrerá uma celebração religiosa, seguida do sepultamento no cemitério local. Em razão das restrições de concentração de pessoas, devido ao coronavírus, o velório e sepultamento devem ser restritos mais aos familiares e pessoas próximas. Familiares agradecem a compreensão e pedem que as pessoas façam suas orações em casa neste momento de intensa dor.

A tragédia está causando grande comoção na comunidade de Bom Princípio e da região. O acidente de trabalho ocorreu ontem, sexta-feira, dia 3, numa propriedade rural da localidade de Vale das Flores, no interior de Bom Princípio. A Polícia Civil ainda vai investigar as circunstâncias em que pai e filho morreram numa esterqueira, junto de uma pocilga, onde os corpos foram encontrados no final da tarde. Mas segundo informações, o pai, Nestor Lermen, conhecido como “Nene”, ao ver o filho Vitor Lermen, de 17 anos, se afogando na esterqueira, teria tentado salvá-lo. Os dois acabaram morrendo no local. A suspeita é de que o acidente possa ter ocorrido quando estariam tentando desobstruir um cano da saída da esterqueira. O gás metano, proveniente do esterco, pode ter provocado asfixia. Isso tudo vai ser investigado pela Polícia.

A Brigada Militar isolou o local para a perícia e levantamento da Polícia. Os Bombeiros Voluntários de Bom Princípio também estiveram no local.  A pocilga era um empreendimento novo, que foi feito pela família recentemente. O primeiro lote de cerca de mil suínos deu entrada no início deste ano. Familiares e amigos, nas redes sociais, lamentam as mortes de Nestor e Vitor.

Nene era casado com Lires e tinha mais a filha Vanessa. Segundo conhecidos, a família é muito trabalhadora e dedicada à agricultura, além de ambos serem muito estimados. Pai e filho fariam aniversário no próximo mês de maio. “Estavam sempre felizes e sempre trabalhando muito, planejando o futuro”, postou Guilherme Brummelhaus, no facebook. “O pequeno Vitor Lermen, meu pajenzinho como eu sempre brincava e que a gente viu crescer, virar um rapaz trabalhador, sempre querido, junto com seu pai Nestor, eles sempre unidos no trabalho dia a dia e foram morrer assim, juntos, tragicamente”, postou Adenise Steffen.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here