Corda artesanal (jibóia), com mais de 30 celulares e bebidas, foi apreendida pela Brigada - Crédito: Brigada Militar

Na madrugada deste domingo, dia 22, em torno de 3h30, dois indivíduos foram presos pela Brigada Militar ao tentarem jogar objetos para o interior da Penitenciária Estadual de Montenegro, na localidade de Pesqueiro. Conforme a Brigada, o fato ocorreu por volta de 3h30, quando a dupla foi detida após a tentativa de arremessar uma “jibóia” (corda artesanal) com cerca de 30 celulares, bebidas e demais materiais para o interior do estabelecimento penal.

Mais de 30 celulares, bebidas e outros objetos seriam arremessados para dentro da Modulada
– Crédito: Brigada Militar

O fato ocorreu após agentes da Susepe repassarem para  os policiais da Brigada Militar que fazem a segurança externa da penitenciaria. Os agentes informaram que tinha sido avistada, no lado externo da penitenciária, uma movimentação estranha próximo de uma guarita. Os policiais fizeram averiguação, vindo a visualizar quando um indivíduo se aproximava pelo campo aos fundos da Modulada e tentou acessar o muro para fazer o arremesso de uma “jibóia” de aproximadamente 10 metros de comprimentos carregada de materiais para os presos. Nesse momento os policiais que estavam na guarda externa do presídio deram ordem de parada ao indivíduo. Enquanto a guarnição do Supervisor de Serviço que estava nas dependências da penitenciaria acessava a área externa e realizava a abordagem e prisão do indivíduo, o qual foi identificado como um morador da cidade de Novo Hamburgo. Segundo a BM, elel admitiu que queria acessar o muro da penitenciaria para fazer o arremesso da “jibóia” carregada de materiais para o interior da penitenciaria.

O indivíduo detido relatou que seu pai estaria lhe esperando em um automóvel Gol, de cor vermelha. Foi efetuada averiguação ao redor da penitenciaria pela guarnição do supervisor de serviço, guarnição do auxiliar de serviço e pelo setor de inteligência, sendo o indivíduo abordado, próximo da penitenciária, no interior do veículo. Ele acabou admitindo que estava esperando seu filho.

Pai e filho foram presos e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here