O primo Jacson Grohe e seus pais, foram visitar Marcelo a esposa Paula e o filho Pietro /Reprodução/Facebook

Rudi Grohe, pai do goleiro, viveu na Várzea do Rio Branco

Marcelo Grohe é um dos melhores goleiros do mundo. Um dos principais responsáveis pelas grandes conquistas alcançadas pelo Grêmio nos últimos anos, ele já garantiu a sua posição entre os melhores jogadores da história do Grêmio. Marcelo é autor de uma das mais belas defesas da história do Futebol, em partida válida pela Copa Libertadores na partida de ida da semi-final diante do Barcelona. Na oportunidade, o jogador recebeu o prêmio de Melhor Defesa do Século XXI, no programa Bem, Amigos, do SporTV e foi elogiado pelo lendário goleiro inglês Gordon Banks.

A casa do primeiro Grohe, vindo da Alemanha, ainda existe na estrada da Várzea do Rio Branco /Renato Klein/FN

Marcelo nasceu em Campo Bom, no dia 13 de janeiro de 1987, mas tanto o seu pai como a sua mãe são naturais do Vale do Caí.

O pai, Rudi Pedro Grohe (já falecido), nasceu no Caí. Mais exatamente na Várzea da Vila Rica. A mãe, Ilse Weber é natural do município de Feliz. Ambos deixaram seus municípios para conseguir emprego no Vale do Sinos, onde a indústria do calçado florecia notavelmente.

Seu Rudi deixou o Caí quando teve de prestar o serviço militar no quartel de São Leopoldo. Depois trabalhou muitos anos como motorista na empresa de ônibus Citral.

Mas, como gostava muito de futebol, Rudi encaminhou o filho, no ínicio dos anos 2000, para a escolinha de futebol do Grêmio. E assim Marcelo começou a sua longa e exitosa carreira no tricolor gaúcho.

Nascido e criado em Campo Bom, distante 50 quilômetros de Porto Alegre, precisava percorrer o caminho até a Capital para treinar praticamente todos os dias. Depois da perda do pai, ainda na adolescência, Grohe teve da parte da mãe, Dona Ilse, todo apoio e incentivo para continuar treinando.

Marcelo Grohe é ídolo no Grêmio /Divulgação/Grêmio

Marcelo tem parentes no Caí e, os visita com alguma freqüência. Inclusive o primo Jacson Grohe que combina na idade com Marcelo (31 anos) e é seu amigo desde a infância.

Ele tem, no Caí, os tios Milton, Rubi, Cláudio, Valdir e mais o tio Auri Grohe, que mora no Campestre de Santa Terezinha.

Segundo diz um dos parentes de Marcelo, ele pretende se aposentar dentro de cinco anos, quando chegar aos 36. Mesmo estando no auge da sua carreira, ele já planeja sua aposentadoria, pois dedicou-se aos treinamentos e aos jogos no Grêmio de uma forma muito intensa, ao longo de toda a sua juventude.

O pioneiro da família Grohe no Caí foi Luiz Reinaldo Grohe (bisavó do Marcelo), que veio da Alemanha e viveu na Várzea do Rio Branco, numa estrada que margeia o rio Caí.

Ainda existe a casa do imigrante, abandonada e se deteriorando devido a décadas de abandono.

Títulos de Marcelo Grohe
Grêmio
Campeonato Brasileiro Série B: 2005
Campeonato Gaúcho: 2006, 2007, 2010 e 2018
Copa do Brasil: 2016
Copa Libertadores da América: 2017
Recopa Sul-Americana: 2018

Seleção Brasileira
Copa Sendai: 2005
Superclássico das Américas: 2014

Prêmios Individuais
Prêmio Rei da América, Jornal El País, de Melhor Goleiro da América: 2017
Bola de Prata Placar de melhor goleiro: 2014 e 2015
Troféu Mesa Redonda da TV Gazeta de Melhor Goleiro do Campeonato Brasileiro: 2014
Troféu Armando Nogueira da Rede Globo de Melhor Goleiro do Campeonato Brasileiro: 2014
Seleção do Campeonato Gaúcho: 2018

Deixe seu comentário