Após furto na igreja em Montenegro, bandidos fugiram com a picape furtada, se envolveram em acidente em Portão, passaram pelo Caí e o veículo foi encontrado no interior de Montenegro - Crédito: BM

A Brigada Militar recuperou na noite de ontem, sexta-feira, dia 18, no interior de Montenegro, uma camionete GM Montana, de cor branca e ano 2019. A picape foi furtada no dia anterior, quinta-feira, junto à igreja católica Sagrado Coração de Jesus, no bairro Timbaúva. Na ocasião houve um arrombamento na Paróquia, tendo sido furtados televisão e valor de cerca de R$ 6 mil da arrecadação de doações e do dízimo, além de ter sido levada a camionete de propriedade do padre.

Conforme a Brigada Militar, a picape foi recuperada ontem de noite, em torno de 21h45min, na localidade de Passo da Serra, no interior de Montenegro. Uma mulher, de 52 anos, natural de Novo Hamburgo, mas moradora da localidade, foi presa por receptação de veículo furtado. Segundo a BM, uma denúncia levou os policiais até a residência em que estava a Montana. Os proprietários da casa informaram que uma mulher conhecida havia deixado a camionete na residência, alegando problemas mecânicos. Identificada, ela foi localizada e presa numa ação conjunta entre policiais militares do Setor de Inteligência e do policiamento ostensivo, sendo apresentada na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Conforme o delegado Paulo Ricardo Costa, que estava de plantão na DPPA. “Ela foi vista deixando o veículo perto de uma casa. Contou uma história bastante inconsistente e foi detida em flagrante”, informa o delegado. Após a lavratura do flagrante, ela foi recolhida ao sistema penitenciário.

O furto na igreja

O furto na igreja católica da Timbaúva teria ocorrido entre a noite de quinta-feira e a madrugada do dia seguinte. Pela manhã de ontem, sexta-feira, uma funcionária da igreja notou que o portão do salão paroquial estava erguido, além da porta da secretaria da Paróquia ter tido a fechadura arrombada. Foi percebido o furto de aproximadamente R$ 6 mil das últimas arrecadações de dízimos e doações, além de uma televisão, celular e revirarem o local. E também foi furtada a picape, que na caçamba tinha materiais de apicultura.  Numa loja vizinha da igreja também teria sido furtadas lata de tinta.

O padre Luciano Royer, 51 anos, lamentou o ocorrido. Natural de São Vendelino e já tendo trabalhado em diversas cidades, principalmente no Vale Real, disse que nunca tinha passado por uma situação dessas. Mas elogiou o trabalho da Brigada Militar, que recuperou o veículo, e da Polícia, que está fazendo a investigação.

Conforme o padre Luciano, foi recebida a informação de que a camionete furtada teria se envolvido num acidente no início da manhã de ontem, na cidade de Portão, colidindo com o carro de um agente penitenciário e fugido em alta velocidade em direção a São Sebastião do Caí. “O agente fez contato porque achou que era eu que estava dirigindo”, conta. Aí o padre explicou que seu veículo tinha sido furtado. A picape recuperada no Passo da Serra está com vários danos materiais. Por sorte tem seguro. A acusada de deixar a camionete na propriedade foi localizada pela Brigada caminhando pela rua, num bairro de Montenegro. A mulher, que não tem antecedentes criminais, alegou que teriam pedido para deixar o veículo na casa de conhecidos para depois um mecânico buscá-lo. Os proprietários alegam que acreditaram na versão dela, desconhecendo que o veículo era furtado.

A Polícia Civil segue investigando o caso, inclusive com coleta de materiais, depoimentos, perícia, busca de imagens de câmeras e outros levantamentos para chegar aos demais envolvidos. Qualquer informação pode ser passada para os telefones 197 da Polícia Civil ou 190 da Brigada Militar.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here