- Imagem ilustrativa/internet

O município de Capela de Santana sofre com mais um crime de violência contra a mulher ocorrido neste domingo, dia 26.

Uma mulher foi encontrada morta, no interior de sua casa, no bairro Primavera, por volta de 19h. Vizinhos avisaram a Brigada Militar após ouvirem o chamado da filha da moradora. A criança, que teria cerca de 6 anos de idade, estava chorando junto ao corpo da mãe. O corpo da mulher estava sobre a cama, com sinais de sufocamento e marca de tiro na cabeça.

A criança teria ficado ao lado da vítima, trancada no quarto, por pelo menos 12 horas. Testemunhas informaram a Brigada Militar que o companheiro da vítima teria saído em torno das 6h da manhã de domingo, após trancar as portas da casa e não retornou mais.

A menina foi encaminhada ao Conselho Tutelar. O local foi isolado pela Brigada Militar e a Polícia Civil acionou a perícia. A vítima, de cerca de 30 anos de idade, não teve o nome divulgado.

A suspeita é de mais um feminicídio em Capela de Santana. No último dia 2 de abril um homem de 54 anos invadiu a casa da ex-companheira, de 36 anos, matando a mulher e depois cometeu suicídio. E num caso de grande repercussão, em julho do ano passado, um policial militar matou a esposa, de 29 anos, na casa do casal. O PM alegou ter atirado por engano, achando que era um assaltante.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here