Automóvel Vectra atingiu moto no acidente ocorrido em fevereiro e vítima morreu no dia seguinte - Crédito: Bombeiros do Caí

A Polícia Civil concluiu o inquérito sobre o acidente que resultou na morte de Jean Lucas Martins, de 28 anos. O rapaz, morador de Harmonia, dirigia uma moto pela RS 124, na tarde de 9 de fevereiro, um domingo, quando no trevo próximo das pontes do Matiel, entre Pareci Novo e São Sebastião do Caí, foi atingido por um automóvel Vectra, com placas de Montenegro. Jean Lucas sofreu graves ferimentos e veio a falecer no dia seguinte no Pronto Socorro de Canoas.

Jean Lucas Martins, de 28 anos,, morava em Harmonia
– Reprodução/FN

A morte do rapaz causou grande repercussão, principalmente com a revolta quanto à falta de sinalização no cruzamento. Chegou a ser feita uma manifestação no local, com a colocação de placas. E em seguida o Daer realizou melhorias na sinalização. A família também ficou revoltada com relação as circunstâncias do acidente e alguns comentários da comunidade e redes sociais.

 

 

 

Motorista indiciada

A delegada Cleusa Spinato, que comandou a investigação, informou que o inquérito foi concluído na Delegacia de Polícia. Ela informa que a motorista do carro, que não sofreu ferimentos na colisão, foi indiciada por homicídio de trânsito culposo, em que não houve a intenção. De acordo com a delegada, o Poder Judiciário não está recebendo os inquéritos físicos ainda em face da pandemia.

Para o pai de Jean Lucas, o comerciante Jonas José Martins, a conclusão do inquérito e o indiciamento comprovam que o automóvel cortou a frente da moto dirigida por seu filho. “Isso prova que meu filho não teve culpa. Ele teve a frente cortada”, afirma, citando ainda que Jean Lucas era bastante cuidadoso e dirigia em baixa velocidade. “Meu filho dirigia desde os 18 anos e nunca levou uma multa de trânsito”, completa.

Os pais Jonas e Isabela, assim como a irmã Julia, acompanham as investigações. “Queremos que se faça justiça e que a motorista fique com a carteira suspensa”, afirma Jonas, que contratou advogado para acompanhar o caso.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here