Acidente foi na RS 122 na altura do bairro Rio Branco e além da moto das vítimas teve mais dois veículos envolvidos - Crédito: Bombeiros do Caí

Avançam as investigações da Polícia Civil sobre o gravíssimo acidente que resultou em duas mortes no último dia 13 de junho, sábado retrasado, na RS 122, no bairro Rio Branco, em São Sebastião do Caí. Uma das vítimas fatais foi Matheus Kulman Alves Gorziza, de 25 anos, que era morador de Bom Princípio e morreu no local. Já Carlos Eduardo Schmitt Klein, o Dudu ou Zóio, de 24 anos, que residia no Caí, faleceu no dia seguinte ao acidente, domingo, no Hospital de Pronto Socorro, em Canoas, para onde foi removido pelo Samu após ter sido atendido inicialmente na UPA de Bom Princípio. Ambos eram muito conhecidos, principalmente pela atuação em clubes de futebol de Bom Princípio e da região.

Conforme informações dos Bombeiros Voluntários Caienses e da Polícia Rodoviária Estadual, que atenderam a ocorrência, a moto ficou destruída e acabou se incendiando. Mesmo com os vestígios de colisão, estranhamente não foi encontrado mais nenhum veículo no local do acidente. Equipes da Polícia Civil e da Perícia fizeram o levantamento do local. Foi encontrado próximo pedaços de uma Renault Duster. Sobre essa Duster, a delegada Cleusa Spinato diz que ela foi localizada pela Polícia e apreendida. E o motorista já prestou depoimento.

Também foi apreendido um automóvel Renault Sandero, que estava batido. Segundo foi apurado pela Polícia, o Sandero tinha sido deixado numa revenda de veículos. Portanto, teria sido vendido, mas a documentação ainda estaria no nome do antigo proprietário, que não tem envolvimento no fato. Portanto, os motoristas da Duster e do Sandero já foram identificados. A Polícia segue tomando depoimentos e analisando imagens de câmeras de segurança, além de laudos e levantamentos, incluindo perícia e necropsia. A delegada Cleusa ressalta que as investigações não estão concluídas porque ainda há questões a serem devidamente esclarecidas. Por isso não ocorreram indiciamentos. Quem tiver alguma informação ou imagem que possa contribuir com o trabalho da investigação pode entrar em contato através dos telefones 3635 1020, 3635 4829 ou 985859943.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here