Briga teria iniciado em festa na Associação e depois a vítima foi perseguida e esfaqueada - Crédito: Talis Ferreira

Foram cerca de 9 meses sem homicídios em Montenegro. O último tinha ocorrido em fevereiro.

Cesar Augusto Martins Moura, de 27 anos, foi atingido por várias facadas, na madrugada de hoje, em Montenegro
– Facebook/Reprodução

O terceiro homicídio de 2018 ocorreu na madrugada de hoje, domingo, 4 de novembro. Cesar Augusto Martins Moura, o “Cesinha”, de 27 anos, estaria participando de uma festa na Associação Comunitária da Vila Esperança, na frente da escola e ao lado do ginásio, no bairro Senai. Após um desentendimento, ele teria saído correndo do local, sendo perseguido por dois indivíduos. Entrou na Rua dos Imigrantes, onde acabou sendo esfaqueado. Dois homens que passavam pelo local viram o rapaz agonizando e o levaram de carro até o Hospital Unimed, mas a vítima não resistiu e veio a falecer.

Conforme o vereador Talis Ferreira, a Polícia Civil já tem pistas sobre dois indivíduos suspeitos e está investigando para chegar aos autores do crime. Cesar era morador do bairro Panorama e tinha dois filhos pequenos.

Deixe seu comentário