Cassiel Gass do Bonfim, de 4 anos, foi atropelado por um automóvel na RS 124, ontem, em Porto Pereira - Facebook/Reprodução

O gravíssimo acidente ocorrido no final da tarde de ontem, segunda-feira, dia 21, que causou a morte de uma criança de apenas 4 anos, está causando grande comoção em Montenegro.

A motorista do automóvel informou que a criança correu para a RS 124 e não foi possível evitar o choque
– Reprodução/FN

Cassiel Gass do Bonfim foi atropelado por volta de 18h30 na altura do quilômetro 17 da RS 124, na localidade de Porto dos Pereira – a rodovia que liga Montenegro com Pareci Novo. Segundo a Polícia Rodoviária Estadual (PRE), um automóvel GM Onix trafegava no sentido Pareci/Montenegro, já próximo do cruzamento com a RS 240 (trevo da Antarctica), quando a criança teria corrido em direção a pista e acabou sendo atingida pelo carro.

 

Cassiel Gass do Bonfim morava com a família num sítio em Pinheiros e faria 5 anos no domingo
– Facebook/Reprodução

A criança foi levada as pressas para o Hospital Montenegro (HM) pelos próprios familiares, dando entrada no colo da mãe, em estado gravíssimo. A equipe médica tentou reanimá-lo várias vezes, mas o menino não resistiu aos graves ferimentos e veio a falecer. O menino faria 5 anos no próximo domingo, dia 27. Conforme informações, a família reside num sítio da Estrada da localidade de Pinheiros e o garoto era aluno da escola infantil (creche) do bairro Santo Antônio. “Era um doce de menino”, diz uma professora, dizendo que o garoto era estimado por todos.

Os pais Débora e Jeferson, demais familiares e amigos estão muito consternados com a tragédia. Segundo informações, estariam visitando amigos no Porto Pereira quando aconteceu o acidente. “Hoje o céu ganha mais uma estrela. Meu amor sempre lembrarei de você com esse sorriso lindo”, escreveu a madrinha Luana Bruna Cardoso, numa postagem no facebook com fotos de Cassiel. Muitas outras homenagens e sentimentos estão sendo postados nas redes sociais.

A PRE registrou o acidente na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). A Polícia Civil será a responsável pela investigação. O corpo foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML) para necropsia e deve retornar por volta do meio-dia. A família ainda deve definir o local do velório e sepultamento. Conforme a Polícia, a motorista do carro, de 30 anos, de Pareci Novo, ficou em estado de choque. Ela disse que o menino surgiu repentinamente na rodovia e não foi possível evitar o atropelamento.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here