Indivíduos presos pelo espancamento foram indiciados por tentativa de homicídio Reprodução/FN

A Brigada Militar foi chamada, na madrugada da última segunda-feira, dia 7, por volta de 1h30, devido a uma briga que teria ocorrido na Rua Bruno de Andrade, do bairro Timbaúva, perto do clube Grêmio Gaúcho, em Montenegro.

Quando a guarnição chegou ao local, encontrou um homem, de 42 anos, caído no chão e bastante ferido. Roseno Mirio Scheidt Nogueira, que trabalha com reciclagem, teria sido agredido com socos e pontapés, sendo encaminhado ao Hospital Montenegro em estado grave. Dois indivíduos, Cristian de Azevendo Gomes e Geremias do Nascimento, de 21 e 31 anos, acusados de envolvimento nas agressões, foram detidos e encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foram autuados por tentativa de homicídio doloso (quando tem a intenção), sendo recolhidos posteriormente para a Penitenciária do Pesqueiro.

Conforme a Brigada, quando a guarnição chegou encontrou Cristian e Geremias em luta corporal com um terceiro indivíduo, o qual não foi identificado. Já Roseno estava caído próximo ao meio-fio da calçada e estava inconsciente. Foi encaminhado pelo Samu ao Hospital Montenegro, pois corria risco de vida, apresentando lesões como fraturas na face e na cabeça, além de estar sangrando pelos ouvidos e ter perda dos sentidos. Ele está melhor, mas ainda terá que passar por cirurgia.

Familiares de Roseno suspeitam que ele foi agredido durante uma tentativa de assalto. Isso teria sido declarado aos parentes pela própria vítima. Estaria se deslocando até uma lancheria quando foi atacado e violentamente espancado. A Polícia Civil segue investigando o caso.

Deixe seu comentário