Imagem ilustrativa

Uma mulher entrou em contato com a Brigada Militar de Montenegro, na última quinta-feira, dia 18, para denunciar um caso de estupro de vulnerável, que teria como vítima uma menina de 12 anos, sua filha.

A mãe declarou que soube que sua filha mantinha um relacionamento de cerca de dois meses com um indivíduo de 28 anos. Disse ter ficado sabendo que o suspeito teria enviado algumas mensagens para sua filha, informando que teria comprado alianças e que estaria apaixonado. Soube, também, que o suspeito teria mantido relação sexual com sua filha. Na última semana ela viu o suspeito com sua filha num campo de futebol, quando a menina deveria estar na escola. Denunciou o caso para a Brigada Militar. Mãe e filha foram levadas até a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi registrado o caso. Segundo a Brigada, o suspeito não foi localizado.

No caso de menores de 14 anos, mesmo com consentimento, é considerado estupro de vulnerável. A lei entende que alguém com essa idade não têm capacidade para consentir essa prática. A pena também é maior e vai de 8 a 15 anos de reclusão.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here