Técnicos da Corsan trabalham na substituição do transformador e cabos e água deve retornar só por volta de 20h - Crédito: Corsan

Na noite de ontem, sexta-feira, por volta de 23h, técnicos da Corsan estranharam que tinha desarmado o sistema de abastecimento da estação de tratamento 2, a mais nova, situada perto da antiga fábrica da Antarctica, em Montenegro. Uma equipe de manutenção que estava de plantão foi até o local e acabou se deparando com alguns indivíduos que teriam furtado cabos e chegaram a desmanchar o transformador que alimenta os motores para puxar água do rio Caí. A Brigada Militar foi avisada e os PMs fizeram buscas pelas redondezas, mas os ladrões e o material furtado não foram mais localizados.

Transformador que abastece os motores foi desmanchado para o furto de cobre
– Crédito: Corsan

Conforme o engenheiro da Corsan, Lutero Fracasso, além do furto de cabos, foi desmontado o transformador para roubar a parte de cobre. Para não serem atingidos por choque elétrico, os ladrões desarmaram três chaves de alta tensão da rede de luz. Foi solicitado um novo transformador, que chegou de Porto Alegre por volta das 4h da madrugada de hoje. Os técnicos estão fazendo a substituição e também colocando novos cabos.

Em razão do furto, grande parte de Montenegro deve ficar sem água. Apenas a área do centro, que é abastecido pela estação antiga (ETA 1), não deve ser atingido. Todo o restante da cidade, principalmente a parte mais alta, deve ficar sem água durante o sábado, até que o equipamento seja consertado e o abastecimento regularizado. A previsão é de que o retorno da água, em toda a cidade, só seja normalizado por volta de 20 horas de hoje. A orientação é para que a população economize água e evite o desperdício.

Cabos também foram furtados e ladrões conseguiram fugir
– Crédito: Corsan

Foi feito o registro policial do furto e qualquer informação sobre os acusados e o material furtado pode ser passada, mesmo de maneira anônima, para os telefones 190 ou 197.

Deixe seu comentário