Julgamento se estendeu até a noite ontem no Fórum de Montenegro - Crédito: 1ª Vara/Reprodução

Dois irmãos, acusados de homicídio, foram julgados ontem, quarta-feira, dia 7, em júri popular ocorrido no Fórum de Montenegro. O crime ocorreu em 4 de novembro de 2018, quando Cesar Augusto Martins Moura, o “Cesinha”, de 27 anos, foi esfaqueado na saída de uma festa na Vila Esperança, do bairro Senai. Ele ainda foi levado ao Hospital Unimed, com vários ferimentos de faca pelo corpo, mas não resistiu e veio a falecer.

Cesar Augusto Moura foi morto a facadas em novembro de 2018
– Facebook/Reprodução

O julgamento iniciou por volta de 9h da manhã e se estendeu até a noite, só terminando em torno de 20h15, quando a juíza Priscila Gomes Palmeiro proferiu a sentença. Os acusados, Elvis Gabriel Rosa de Campos e Lucas Rodrigues de Campos, foram condenados a homicídio duplamente qualificado, com pena de 14 anos de prisão, em regime fechado. Os jurados condenaram os dois irmãos com a mesma pena e com isso seguem recolhidos ao sistema prisional. Na acusação atuou a promotora Graziela Vieira Lorenzoni e na defesa os advogados Simone Tatiana Pfuller Lisboa (Defensoria Pública) e Odir Ferreira de Oliveira.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here