José Ilário Heckler, de 58 anos, e Zilá Goetze, de 55 anos, tiveram um relacionamento de 5 anos e eram bastante estimados - Reprodução/FN

A tragédia ocorrida na localidade de Vendinha, junto à divisa entre Montenegro e Triunfo, envolveu um homem que era de Pareci Novo. Conforme a Brigada Militar, José Ilário Heckler, de 58 anos, e Zilá Goetze, de 55 anos, foram encontrados mortos no início da manhã de hoje, sábado, dia 21, em torno de 7h40, na residência situada na margem da BR 386, altura do quilômetro 410, nos fundos da floricultura do casal.

Uma familiar recebeu mensagem em que Ilario avisava que “havia feito bobagem”. Em seguida ele teria retirado a própria vida. A Brigada Militar foi avisada e ao chegar ao local já encontrou ambos sem vida. Os PMs encontraram uma espingarda e uma faca em cima da cama e o casal morto ao lado. Ela estava com um sinal de facada no corpo e ele teria disparado um tiro contra si. Isso ainda deve ser confirmado pelo levantamento da Polícia, com base na perícia e no laudo do IML. Para a Polícia, se trata de feminicídio seguido de suicídio.

O casal teria um relacionamento de cerca de cinco anos e estava em processo de separação, mas ele não estaria aceitando o divórcio. Ambos tinham filhos de relacionamentos anteriores. Ilario era bastante conhecido no Pareci, de onde é sua família e onde foi sepultado no cemitério da comunidade no domingo, dia 22. Já Zilá era do município gaúcho de Sinimbu, no Vale do Rio Pardo, onde foi sepultada na manhã de domingo. Nas redes sociais, muitos familiares e amigos fizeram postagens, lamentando a tragédia e divulgando fotos do casal, que era bastante estimado. O caso deverá ser investigado pela Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) de Montenegro.

 

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here