Na rua em que ocorreu o crime, no bairro Cinco de Maio, ficaram as marcas de sangue - Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil apurou que a vítima do homicídio da madrugada de hoje, domingo, teria invadido uma festa no bairro Cinco de Maio para conversar com sua ex-companheira. Foi quando teria iniciado o tumulto, com troca de agressões, na residência situada na Rua Artidor Rodrigues da Costa, por volta de 1h40. Um indivíduo, de 28 anos, teria investido com uma faca de churrasco contra Jean Carlos Bilham, de 30 anos, esfaqueando a vítima que veio a falecer no Hospital Montenegro.

Acusado foi preso logo após o crime
– Crédito: Polícia Civil

A Brigada Militar realizou buscas e prendeu o acusado, Carlos Rafael da Silva de Mello, conhecido como “Tatuador”. Ele foi preso por volta de 4h da madrugada na Avenida Ernesto Popp, também do bairro Cinco de Maio. Segundo a Polícia, o acusado deveria estar cumprindo prisão domiciliar em razão da pandemia do coronavírus. Foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi lavrado o flagrante por homicídio e recolhido ao sistema prisional. Tanto o acusado, como a vítima, tinham antecedentes criminais, como por tráfico e roubo, entre outros delitos.

A vítima, Jean Carlos Bilham, era morador do prolongamento da Rua Ramiro Barcelos, no bairro Santo Antônio.

Vítima: Jean Carlos Bilham tinha 31 anos
– Reprodução/FN

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here