Mulher, filhos, irmã e sobrinho estavam no interior da moradia, no bairro São Martim, mas por sorte todos se salvaram - Crédito: Brigada Militar

A Polícia Civil investiga um incêndio ocorrido no início da manhã de hoje, sábado, dia 23, na Rua I do bairro São Martim, em São Sebastião do Caí. A principal suspeita é de incêndio criminoso. A Polícia investiga se um indivíduo, que já vinha fazendo ameaças, teria ateado fogo na casa em que várias pessoas estariam dentro. Por sorte ninguém ficou ferido.

Moradora disse que já vinha sendo ameaçada por suspeito
– Crédito: Bombeiros do Caí

Os Bombeiros Voluntários Caienses foram chamados por volta de 7h25 para apagar as chamas na residência. Entretanto, o fogo já tinha consumido totalmente a casa de madeira. Os bombeiros evitaram que as chamas se propagassem para as casas vizinhas, que ficam bem próximas, a poucos metros de distância.

A Brigada Militar também esteve no local, que foi isolado para a realização de perícia. Uma moradora relatou que estava dormindo quando sua filha percebeu que o sofá da casa estava em chamas e lhe avisou. Ela de imediato tratou de retirar seus dois filhos, sua irmã e sobrinho. Ninguém ficou ferido. Após, com a ajuda dos vizinhos, tentou conter o incêndio, porém sem sucesso. A vítima informou à guarnição da Brigada Militar que estava sofrendo ameaças de um indivíduo, o qual teria dito que iria colocar fogo na casa e queimá-la viva. Por não ter acreditado nas ameaças, a moradora não tinha registrado anteriormente.

Conforme a Brigada Militar, foi feito o registro na Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro por suspeita de incêndio doloso, em que há intenção de cometer o crime. O suspeito, de 26 anos, não foi localizado.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here