Imagem ilustrativa/internet

No início da madrugada deste sábado, dia 18, pouco antes da 1h, a Brigada Militar de Montenegro foi chamada devido ao descumprimento de medida protetiva de urgência, garantida através da Lei Maria da Penha na questão de violência contra a mulher.

Uma guarnição foi deslocada para atender a ocorrência, na altura do quilômetro 15 da ERS 124, no interior do município. Chegando ao local, os PMs fizeram contato com a vítima, a qual informou que o seu ex-companheiro, que mora na mesma propriedade, teria lhe agredido com socos e a arrastado pelos cabelos. Ela pediu socorro para sua mãe, que interviu e também teria sido agredida. A vítima conta que até mesmo a mãe do ex-companheiro tentou intervir, mas acabou sendo ferida em seu braço direito. Chegou a ser gravado um vídeo pela vítima, o qual foi anexado a ocorrência.

A Brigada Militar conduziu os envolvidos para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA). Foi lavrada a prisão em flagrante do acusado que descumpriu as medidas protetivas e ainda agrediu três mulheres. Conforme a Brigada, o acusado já tem antecedentes criminais por furto, poluição ambiental, vias e fato, ameaça, injúria, violar suspensão de dirigir e outras ocorrências de descumprimento de medida protetiva.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here