Prisão ocorreu na tarde de hoje no Cemitério Municipal - BM/Reprodução

Após receber informações de que um indivíduo que trabalha na prefeitura de Montenegro estava traficando drogas no cemintério municipal, a guarnição da Brigada Militar foi realizar a averiguação na tarde desta quarta-feira, dia 20.

No cemitério foi abordado o servidor público Luís Carlos Da Silva, de 50 anos. Segundo a Brigada, foi encontrado em posse do mesmo várias porções de maconha, pesando 180 gramas na totalidade. A droga estava dividida em vários tabletes. Também foram apreendidas mudas de maconha.

Tabletes e muda de maconha foram encontrados no almoxarifado e cozinha do cemitério
– BM/Reprodução

Segundo a Brigada, a muda de maconha estava no almoxarifado do cemitério, no armário de uma sala onde ficam as ferramentas. Já os tabletes de maconha foram encontrados na cozinha.

O operário, que faz vários anos trabalhava no setor de limpeza e outros serviços do cemitério, foi preso em flagrante. Ele foi encaminhado para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA), onde foi lavrado o flagrante e será recolhido ao sistema penitenciário.

Posição da Prefeitura

Conforme apurou a Prefeitura de Montenegro, o servidor já vinha sendo investigado. “A Administração Municipal repudia qualquer movimento contra a Lei, independente de quem seja.

Internamente, o servidor responderá questões administrativas. Em relação ao ato, a Lei se fez cumprir e tem o aval da Administração”, foi a posição da Prefeitura, através da Assessoria de Comunicação (ACOM).

Deixe seu comentário