Hoje ocorreu operação contra pedofilia em municípios da Região Metropolitana e Vale do Sinos - Crédito: Polícia Civil

A Polícia Civil realiza hoje pela manhã, quinta-feira, dia 30, mais uma etapa da Operação Inoccentia, no combate a pedofilia e com foco na pornografia infantil compartilhada pela internet.

Um total de 45 policiais participam da ação onde estão sendo cumpridos mandados de busca e apreensão em vários municípios, principalmente na Região Metropolitana e Vale do Sinos.

Até o início da manhã, quatro pessoas foram presas e polícia também apreendeu drogas, anabolizantes, celulares e computadores com conteúdo pornográfico, que serão encaminhados para análise.

Conforme a Polícia, durante a investigação da Delegacia de Proteção a Criança e Adolescente (DPCA) de Canoas, um empresário de Montenegro, de 41 anos, foi preso no último dia 15 e confessou que trocava conteúdo envolvendo crianças e adolescentes. Na ocasião, foram realizadas buscas nos bairros Panorama e São Paulo, sendo que neste último ocorreu uma prisão, mas o indivíduo aguarda as investigações em liberdade. Também foram apreendidos cinco HDs de computador com imagens suspeitos.

Já hoje foram cumpridos mandados em Canoas, Esteio, Porto Alegre e São Leopoldo. Segundo a Polícia, um dos investigados usava nomes de pessoas falecidas para acessar material pornográfico e não ser identificado. Outros são acusados de abuso sexual e troca de material pornográfico envolvendo principalmente crianças. Não foram informados nomes dos investigados.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here