- Imagem ilustrativa

Na sexta-feira, dia 7, a Brigada Militar realizou uma série de prisões em Montenegro.

Duas prisões em flagrante foram por furtos. E outra foi por violência doméstica, enquadrada na Lei Maria da Penha, que combate agressões contra mulheres. E ainda ocorreu uma prisão de foragido, de indivíduo que estava com mandado expedido pela Justiça.

Os presos foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pronto  (DPPA) e após recolhidos ao sistema penitenciário.

As prisões

Uma prisão por arrombamento ocorreu na manhã de sexta-feira, dia 7, por volta de 9h. A Brigada foi informada de que um indivíduo teria invadido uma casa no bairro Senai, onde o proprietário não se encontrava. Quando a guarnição chegou ao local, o acusado já tinha pulado um muro e fugido em direção ao mato. Os PMs conseguiram localizar o indivíduo, de 19 anos, que já tem vários antecedentes por furtos.

Já na tarde de sexta-feira, por volta de 13h, no bairro Santa Rita, a Brigada prendeu dois acusados de furto em estabelecimento comercial. Os acusados fugiram em direção ao bairro Estação, mas foram abordados e presos ainda com o material furtado. Os dois, de 29 e 22 anos de idade, ambos já com antecedentes criminais por furtos, tráfico de drogas e outros delitos, foram presos em flagrante e encaminhados para a DPPA.

Na mesma tarde, só que às 17h, no bairro Industrial, foi preso um indivíduo de 25 anos que se encontrava foragido, com mandado de prisão expedido pela Justiça.

Ainda na sexta-feira, só que de noite, em torno de 21h30, no bairro São Paulo, a Brigada prendeu um indivíduo de 24 anos acusado de agredir a sua companheira. Ele foi preso em flagrante por violência contra mulher.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here