A Polícia Civil prendeu hoje pela manhã, sexta-feira, dia 15, em Montenegro, o proprietário de uma boate na margem da RSC 287 que é apontado como um dos líderes do tráfico de drogas na região.

Conforme o delegado Paulo Ricardo Costa, o indivíduo, que só teve as iniciais L.G.V. divulgadas, é o número do tráfico de cocaína na região. “Foram sete meses de investigação. Recebemos informações de usuários, familiares e outros traficantes”, falou, sobre o resultado da operação Dados Lançados, que culminou hoje pela manhã com o cumprimento de onze mandados de busca e apreensão e quatro prisões. A operação, que ocorreu desde às 6h da manhã, ocorreu nos municípios de Montenegro, Pareci Novo e São José do Sul, em residências e estabelecimentos. “Verificamos que havia um braço do crime organizado e conseguimos desmobilizar uma parte”, diz o delegado.

Além do indivíduo que seria líder do tráfico, foi presa sua companheira, mais um foragido e outro por posse ilegal de arma. E foram apreendidos documentos, arma, drogas, veículos e outros objetos. Entre os veículos apreendidos, inclusive de luxo, está uma Land Rover. “A associação criminosa envolve alguns indivíduos da alta sociedade, notadamente empresários”, declarou o delegado Paulo Costa, citando que os materiais apreendidos serão analisados.

De acordo com o delegado, na boate funcionaria uma espécie de “drive thru”, onde os clientes estacionavam e não precisavam descer do veículo para comprar drogas. Ele cita que já foram decretadas as prisões preventivas e as investigações continuam.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here