Dois acusados foram perseguidos e presos perto do hospital de Feliz Brigada Militar/Reprodução

A Brigada Militar de Bom Princípio prendeu dois acusados de furto de combustível. Conforme os policiais militares, por volta de 4h da madrugada de hoje, sábado, dia 15, foram avistados os dois suspeitos junto ao posto de combustíveis situado no quilômetro 37 da RS 122, na altura da localidade de Piedade, perto da divisa com São Vendelino. Eles estavam carregando dois galões onde teriam óleo diesel. Ao avistarem a viatura, saíram num caminhão Scania, com placas de Campo Bom, em alta velocidade.

 Foi solicitado apoio da Brigada de São Vendelino e Feliz.  Os PMs de Bom Princípio seguiram no acompanhamento ao caminhão com os suspeitos. Eles fugiram por várias cidades, passando por Nova Milano (Farroupilha), Alto Feliz e Feliz, sem obedecer à ordem de parada. Transitavam até pela contramão, colocando demais pessoas em risco. PM teve que fazer disparo de espingarda calibre 12 para que o caminhão parasse. Mesmo assim a dupla ainda tentou fugir pelo mato, próximo ao Hospital Schlatter, de Feliz. Mas acabou sendo capturada pelos brigadianos. Conforme a Brigada, nos dois galões havia cerca de 90 litros de óleo diesel. Mas tem mais um tanque com combustível no caminhão dos acusados. De acordo com a Brigada, teriam furtado o combustível de caminhão estacionado junto ao posto, utilizando equipamentos como mangueiras, bomba de sucção e até controle remoto, que foram apreendidos.

Só na semana passada ocorreram outros três furtos de combustível no mesmo local, o último na quinta-feira passada. Em cada furto, segundo a Brigada, foram retirados mais de mil litros de combustível. Os dois foram encaminhados para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro. Segundo a Polícia, Jackson Michelin Barboza, 47 anos, morador de Novo Hamburgo; e Juarez dos Santos Pompeo, 37 anos, de São Leopoldo, foram indiciados por furto qualificado e seriam encaminhados para a Penitenciária Estadual de Montenegro. Conforme a Polícia, já tinham antecedentes criminais como por roubo, furto, estelionato e receptação. A Polícia também investiga se existe ligação com outros casos de furto de combustível, inclusive em cidades da Serra, com as mesmas características.

Equipamentos utilizados foram apreendidos
Brigada Militar/Reprodução

Deixe seu comentário