Arlem Machado da Silva tinha 55 anos e foi atingido por um automóvel na ERS 122 - Facebook/Reprodução

O ciclista que morreu em acidente no início da tarde de ontem, sábado, dia 24, na ERS 122, em São Sebastião do Caí, residia numa das primeiras casas da Avenida Conceição, no bairro São Martim, em São Sebastião do Caí. O acidente ocorreu por volta de 12h30, na altura do quilômetro 10, próximo do Shopping da Oderich. Segundo os Bombeiros Voluntários do Caí, que atenderam a ocorrência, a vítima fatal foi Arlem Machado da Silva, de 55 anos. Ele deixa a companheira Márcia Silveira da Silva, com quem tinha um filho chamado Jéferson Santos da Silveira. Demais familiares e amigos também estão consternados com a sua morte.

Bicicleta foi atingida por um automóvel no início da tarde de sábado
– Reprodução/FN

Ele trabalhava como autônomo fazendo serviços de pedreiro em casas do bairro, da Conceição e do Caí. Segundo conhecidos, deslocava-se sempre com sua bicicleta quando ia a esses lugares. Arlem, ou Arlei, como também era conhecido, tinha ainda os apelidos de Tuca e Bombril. Ele gostava de fazer pescarias e era bastante amigável.

Arlem estava de bicicleta quando foi atingido por um automóvel que trafegava no sentido capital/Serra e uma bicicleta. Segundo os Bombeiros Voluntários do Caí, que atenderam a ocorrência, o carro Hyundai HB 20, com placas de Porto Alegre, após a motorista perder o controle da direção, acabou se chocando contra o ciclista que transitava pelo acostamento. O ciclista não resistiu aos graves ferimentos e morreu no local. O corpo ficou junto de uma parada de ônibus. A condutora do automóvel foi socorrida e levada pelo Samu ao Hospital Sagrada Família. A ocorrência foi registrada pela Polícia Rodoviária Estadual e as circunstâncias do acidente serão investigadas pela Polícia Civil.

Deixe seu comentário