PM Emerson Tadielo estava de folga comprando vasos numa tenda da BR 386 quando reagiu a assalto e acabou sendo baleado - BM/Reprodução

A Brigada Militar faz um cerco atrás dos acusados de matarem um soldado durante uma tentativa de assalto no início da tarde de hoje, quinta-feira, pouco antes das 14h, na margem da BR 386. Policiais militares e policiais rodoviários de Montenegro e da região também participam das buscas.

O PM Emerson Daltri Tadielo, de 41 anos, que participava da força tarefa dos presídios, estava de folga e comprava vasos de cerâmica numa tenda da margem da rodovia, na localidade de Coxilha Velha em Triunfo, perto da divisa com Montenegro, quando bandidos tentaram roubar a sua caminhonete Ford Ranger. Ele já estaria colocando os vasos na caminhonete quando foi abordado pelos dois assaltantes. Teria reagido ao assalto e chegou a disparar um tiro, mas acabou sendo baleado no pescoço. Mesmo gravemente ferido, ainda teria buscado abrigo no interior da tenda, mas não resistiu e morreu no local. Os bandidos fugiram sem levar nada. O PM era natural de Jaguari e morava em Santiago. Era casado e tinha uma filha.

Um grande cerco ocorre atrás dos bandidos. A suspeita é de que os bandidos teriam fugido num automóvel que os aguardava. Qualquer informação, mesmo de maneira anônima, deve ser passada para o telefone 190 da emergência da Brigada Militar. A área de Triunfo faz parte da abrangência do 5º BPM e da Delegacia Regional de Polícia, ambos com sede em Montenegro, que estão atuando nas buscas e na investigação.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here