Crédito: Reprodução/FN

O programa Balanço Geral, da TV Record, mostrou, nessa quinta-feira, imagens de um caso de maus-tratos ocorrido numa Escola Municipal de Educação Infantil de São José do Sul. Os registros de câmeras da própria creche foram feitos no mês de novembro do ano passado, sendo encaminhados para o Conselho Tutelar e para a Polícia Civil, que instaurou inquérito.

Os nomes dos envolvidos não foram divulgados, assim como da escola. Num dos vídeos, durante o horário da merenda, a servidora empurra um menino, com então três anos de idade, para fora do banco onde estava sentado e ele cai no chão. Em outro, puxa o menino e chega a chutá-lo. Numa terceira gravação, empurra uma coberta contra o rosto de uma menina.

A educadora, após Processo Administrativo Disciplinar realizado pela prefeitura, foi exonerada. Contudo, em depoimento prestado na Delegacia de Salvador do Sul, ela afirmou que a exoneração teria sido suspensa por auxílio-doença previdenciário. Embora não tenha dado detalhes sobre o caso, em seu direito de se manifestar somente em juízo, ela alegou que, quando ocorreu a situação, recém havia retornado de licença de saúde por quadro depressivo grave.

Conforme o delegado Paulo Ricardo Costa, titular da DP salvadorense, o inquérito foi finalizado e remetido ao Poder Judiciário com o indiciamento da educadora. “Entendeu-se, no caso, presentes os indícios de autoria e de materialidade do delito de maus-tratos. Os elementos informativos obtidos de testemunhas e a própria imagem captada pelo circuito de videomonitoramento não deixaram qualquer dúvida sobre a narrativa contida na ocorrência”, afirma.

Fato não ocorreu em Salvador do Sul

Por um equívoco da reportagem da TV Record, chegou a ser divulgado que o fato teria ocorrido em Salvador do Sul. Mas logo foi feita a correção pelo programa, informando que na verdade aconteceu em São José do Sul.

A prefeitura de Salvador do Sul emitiu, ainda na quinta, uma nota oficial de esclarecimento. “A prefeitura de Salvador do Sul, através da Secretaria Municipal da Educação, Cultura, Turismo, Desporto e Lazer, vem a público elucidar a população, especialmente à comunidade escolar, uma informação inverídica divulgada nesta quinta-feira, 26 de setembro, no programa televisivo Balanço Geral, da Rede Record RS, apresentado pelo comunicador Alexandre  Mota. Na edição do meio-dia desta quinta, em reportagem sobre um caso investigado pela polícia numa escola de educação infantil de um município vizinho, a reportagem destacou equivocadamente que a escola tinha sede em Salvador do Sul. No entanto, essa informação incorreta, conforme a produção do programa, foi corrigida no ar logo após falarem o  nome de Salvador do Sul, dizendo que não era nessa cidade, e sim nesse município vizinho. A assessoria de comunicação da prefeitura, que entrou em contato com a produção do programa Balanço Geral, solicitou mesmo assim nova correção no programa no mesmo horário já nesta quinta-feira, 26 de setembro, na edição vespertina do programa. A produção registrou a falha na informação e destacou que dará cobertura para a devida correção, pedindo desde já desculpas pelo equívoco e comoção causada no município.A prefeitura de Salvador do Sul e toda a equipe da secretaria da educação pede aos pais, professores e toda a comunidade escolar que estejam tranquilos sobre a postura, trabalho competente e carinhoso de todo o quadro docente e de funcionários das escolas do município. Os seus filhos estão em ambiente seguro e de uma educação de excelência.”

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here