- Imagem ilustrativa/internet

Um suposto caso de abigeato que teria ocorrido no início do mês de fevereiro, na localidade de São José do Maratá, interior de São José do Sul, foi descartado em apuração feita pela Delegacia de Polícia de Salvador do Sul. A investigação da denúncia esclareceu que a situação se deu, na verdade, por um desentendimento familiar envolvendo partilha de heranças.

Conforme o registro, teriam sido levadas 16 cabeças de gado – posteriormente, o número foi corrigido para dez -, equipamentos diversos e eletrodomésticos. Contudo, ouvida na delegacia, a inventariante desses bens, que não reside na região, confirmou que tomou posse dos mesmos para realizar vendas e dividir os valores com os demais herdeiros.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here