Nesta quarta-feira devem se divulgadas as cidades em que os novos PMs vão atuar - Crédito: Guilherme Baptista/FN

Na metade deste ano, quando a pandemia também estava com altos índices de contágio, a Brigada Militar, Polícia Civil e Guarda Municipal realizaram um trabalho importante de fiscalização, no sentido de evitar aglomerações. Policiais acabaram com festas que reuniam várias pessoas e aconteceram até prisões. Agora que os números do coronavírus estão novamente bastante preocupantes e os municípios da região estão em bandeira vermelha, de risco alto para o contágio, novamente a fiscalização será intensificada por parte das forças de segurança.

Em Montenegro, a princípio, locais públicos, como o Parque Centenário, beira do rio, praças do centro e bairros, não serão interditados, como chegou a ocorrer meses atrás. Mas não serão permitidas aglomerações. O novo decreto do Governo do Estado impede a permanência de pessoas em locais públicos, como ruas, parques e praças. Festas de fim de ano e eventos também estão suspensos, inclusive com restrições de reuniões privadas e familiares, com limite de 10 pessoas. Tudo isso será coibido.

Neste ano as forças de segurança já terminaram com festas que ocorreram durante a pandemia
– Crédito: Guarda Municipal

Em reunião realizada ontem, quarta-feira, com a presença de representantes da Prefeitura e Brigada, foi decidido pela realização de ações em locais de grande aglomeração. “Já estamos trabalhando em operações conjuntas, para fiscalizar festas e eventos, funcionamento de restaurantes e bares, e evitar aglomerações de pessoas em praças, parques e espaços públicos, além de coibir festas ilegais e ver o cumprimento do horário dos estabelecimentos. Já tivemos inclusive prisões em festas rave na nossa região neste ano. Vamos continuar isso. Podem ser feitas denúncias pelo telefone 190”, destaca o comandante do 5º BPM, com sede em Montenegro, tenente-coronel Rogério Pereira Martins. “Cada cidadão precisa fazer a sua parte. Estamos num momento crítico. Tem que cumprir as regras sanitárias”, alerta, pedindo a conscientização da população.

Operação Papai Noel

Operação Papai Noel foi lançada ontem pelo 5º BPM
– Crédito: Guilherme Baptista/FN

Na tarde de ontem, quarta-feira, ocorreu o lançamento da tradicional Operação Papai Noel. Em razão da pandemia, não houve a realização de cerimônia na Praça Rui Barbosa, como em anos anteriores, mas ocorreu a apresentação do efetivo do 5º BPM que irá atuar na operação, principalmente de alunos-soldados que estão em fase final de curso na Escola de Formação da Brigada Militar (EsFES) em Montenegro e vão se formar neste mês de dezembro. Ao todo, 176 alunos-soldados estão em formação e serão aproveitados nas ruas para o policiamento e fiscalização. A Operação Papai Noel visa aumentar a segurança nas ruas, principalmente junto aos estabelecimentos comerciais, onde aumenta a circulação de pessoas e dinheiro devido às compras para o Natal, o que faz crescer o risco de furtos, roubos e ouros delitos. Em caso de qualquer suspeita, as pessoas podem entrar em contato com o telefone 190, mesmo de maneira anônima. Através da Polícia Comunitária, muitos comerciantes também integram grupos de whatsApp para troca de informações. O videomonitoramento é outra ferramenta importante que tem ajudado no policiamento e na fiscalização.

O 5º BPM tem sede em Montenegro e abrange também os municípios de Pareci Novo, São José do Sul, Salvador do Sul, São Pedro da serra, Barão, Brochier, Maratá e Triunfo.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Deixe um comentário
Please enter your name here