Dinheiro estava na mochila de um motociclista que foi abordado na RS 122, altura do Angico, quando se deslocava para Portão - Crédito: Brigada Militar

Na noite do último domingo, 2 de dezembro, por volta de 21h20, na altura do quilômetro 12 da RS 122, no bairro Angico, uma guarnição da Brigada Militar em patrulhamento visualizou uma motocicleta YBR com a placa quebrada e fixada por fita adesiva. A moto, com placa do município de Bento Gonçalves, era conduzida por um indivíduo com uma mochila nas costas, o que despertou a desconfiança dos policiais.

Feita a abordagem e revista pessoal, o suspeito foi identificado e ao verificar dentro de sua mochila os PMs encontraram grande quantidade de dinheiro. Segundo a Brigada, ao ser questionado, num primeiro momento o acusado declarou que o dinheiro seria de sua irmã, proveniente da venda de umas casinhas em uma vila na cidade de Bento Gonçalves e que estaria o levando para São Leopoldo. Os PMs entraram em contato com um agente do setor de inteligência da Brigada, o qual informou que o suspeito pertence a uma facção criminosa envolvida com o tráfico. Após ser novamente questionado, conforme os PMs ele admitiu que estaria buscando drogas e que iria comprar tóxico em Portão. Diante dos fatos foi dado voz de prisão ao suspeito,  que foi encaminhado para a  Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA) de Montenegro para registro.

Na DPPA, feita a contabilidade do dinheiro chegou-se ao valor de R$ 20.152,00 reais. Foi lavrado o flagrante e o acusado preso por associação ao tráfico, sendo recolhido para a Penitenciária Estadual de Montenegro.

Deixe seu comentário