Israel Alexandro Teixeira Alves tem vários antecedentes criminais - Crédito: Talis Ferreira

Israel Alexandro Teixeira Alves voltou a cometer crime. Mas desta vez não escapou de ser recolhido para a Penitenciária do Pesqueiro.

O rapaz de 20 anos já tinha sido preso na última sexta-feira pela Brigada Militar após ser reconhecido, em um vídeo divulgado pela Polícia Civil, como o autor de uma tentativa de assalto e agressões no bairro Timbaúva, próximo ao clube Grêmio Gaúcho. O ataque covarde a mulher ocorreu na noite do feriado de quinta-feira, 15 de novembro, às 22h23min, na rua Torbjorn Weibul. As imagens de uma câmera de segurança mostraram a mulher caminhando pela calçada quando o criminoso a ataca pelas costas, segurando-a pelo pescoço com uma “gravata” e a agredindo. A vítima reage, tentando evitar o roubo. Ela chega a cair e o criminoso só desiste quando chega outro homem para socorrê-la. O bandido acaba fugindo e a pedestre sai caminhando. Como a vítima não tinha registrado o ataque de quinta-feira, Israel, mesmo tendo vários antecedentes criminais, acabou sendo solto. A mulher só procurou a Delegacia no sábado, quando fez o registro e por fotos reconheceu Israel como o autor da tentativa de roubo.

Desodorantes foram furtados no domingo e Brigada prendeu o acusado
– Crédito: Brigada Militar

Israel não demorou para voltar a cometer crimes. Na tarde de domingo, por volta de 17h, após furtar dois kits de desodorantes numa nova farmácia do centro, ele voltou a ser detido pela Brigada. Câmeras de segurança do estabelecimento mostraram que o mesmo indivíduo já tinha furtado produtos pela manhã. E também em outros dias. Ao avistar a viatura, ele dispensou os desodorantes, mas acabou sendo preso em flagrante e encaminhado novamente para a Delegacia de Polícia de Pronto Atendimento (DPPA).

A prisão em flagrante foi lavrada na DPPA e Israel foi recolhido para a Penitenciária. A Polícia poderá representar por sua prisão preventiva, o que dependerá da Justiça. E aí Israel poderá ficar mais tempo preso, respondendo atrás das grades pelos vários delitos que já cometeu.

Deixe seu comentário